Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Atlético-MG e Sampaoli possuem multa rescisória milionária

Sampaoli possui contrato com o Atlético até dezembro de 2021

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Getty Images

Com a indefinição de Jorge Jesus no Flamengo, vários nomes foram especulados nos últimos dias como eventuais substitutos do português. Um deles foi Jorge Sampaoli, atual técnico do Atlético. A direção alvinegra, porém, não teme que o projeto seja interrompido pelo argentino.

Em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola, no YouTube, o vice-presidente do Atlético, Lásaro Cândido da Cunha, acredita que somente uma oferta muito tentadora do exterior seria capaz de levar Sampaoli.

– Eu não acho (que Sampaoli saia neste ano). Acho que não há nenhum cenário pra (ele sair para um) clube nacional. Se viesse um clube de fora do país, nossa moeda é fraca. Mas não sei se ele teria lá as condições que ele tem aqui, no desenho atual – disse Lásaro.

Segundo o dirigente, a multa para quebra contratual, por qualquer uma das partes, estaria entre 2,5 a 3 milhões de euros (R$ 15,3 a R$ 18,4 milhões na conversão atual).

– É por aí (entre 2,5 e 3 milhões de euros). São valores iguais (para os dois lados).

Sampaoli assumiu o vaga deixada por Rafael Dudamel, venezuelano demitido após a eliminação da equipe para o Afogados, na Copa do Brasil. Desde então, técnico e diretoria trabalham em conjunto na formatação do elenco.

– Todo mundo sabe que o Sampaoli não é um sujeito fácil, mas é um profissional que trabalha, dedicado. Ele faz a parte dele, nós fazemos a nossa. Acho difícil sair pois já está tudo montado (o trabalho), ele mesmo já está vendo como a coisa se desenvolve. Ele está desenvolvendo o projeto dele todo, com muita tranquilidade, o ambiente no Atlético é muito bom. Acho difícil um clube brasileiro tirá-lo daqui. Mas é só pagar a multa.

LEIA MAIS: