Torcedores – Notícias Esportivas

Gerson prega paciência em valorização no Flamengo: “Estamos vivendo uma situação extremamente complicada”

Meia do Flamengo está ciente de que o clube está se esforçando para manter as finanças em dia

Bruno Romão
25 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Em entrevista ao “GE“, Gerson falou sobre o processo de valorização no Flamengo. Com vínculo até 2023, o volante aguarda a diretoria para definir a extensão do seu vínculo, que incluiria um aumento salarial. Dessa forma, como o Rubro-Negro ainda sente os efeitos da pandemia nas finanças, o camisa 8, titular absoluto da equipe, vem optando por não fazer nenhum tipo de pressão.

“Encaro esta situação como pauto meu trabalho no dia a dia: com respeito. Estamos vivendo uma situação extremamente complicada em virtude da pandemia e isso também é analisado por mim. Eu e meu pai temos um diálogo muito bom com o clube e na hora certa essa situação será ajustada”, declarou.

Disposto a seguir construindo um grande legado no Flamengo, Gerson traçou metas para o futuro. Sendo assim, o título do Mundial é uma das metas do volante. Isso porque o time carioca bateu na trave em 2019, quando perdeu para o Liverpool.

“Conquistar o Mundial de clubes, Libertadores de novo, Brasileiro outra vez. Falta muito mais e é nisso que foco meu trabalho no dia a dia. Um clube como o Flamengo te faz acordar pensando em títulos e dormir pensando em títulos. Não pode ser diferente. Ainda faltam páginas dessa história”, disse.

LEIA MAIS