Dirigente do Grêmio descarta meia do São Paulo e avalia possível saída de Léo Chú para clube da Série A

Chegada de Douglas Costa irá acirrar ainda mais concorrência no ataque do Grêmio

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola, Carlos Amodeo, CEO do Grêmio, avaliou uma possível saída de Léo Chú para o Santos. Apesar do retorno de Douglas Costa, o dirigente deixou claro que o atacante segue nos planos do clube. Sendo assim, uma nova liberação por empréstimo tem poucas chances de acontecer.

“Ele esteve no Ceará no ano passado, retornou e está integrado ao grupo principal. Não (vai pro Santos), ele deve continuar com a gente. Continuamos contando com ele nos nossos planos. Está integrado e é mais um dos atletas (encaixado) nesse sentido”, declarou.

Além disso, Amodeo descartou uma negociação envolvendo Jean Pyerre. Mesmo com o meia sendo especulado em clubes do exterior, Tiago Nunes está disposto a aproveitá-lo na temporada. O dirigente também rechaçou qualquer interesse em Vitor Bueno, do São Paulo.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

“O Jean é um jogador de altíssima qualidade técnica e um potencial fantástico. O Tiago Nunes demonstrou interesse de contar com o atleta. Não vejo a menor possibilidade do atleta deixar o Grêmio. Pelo contrário, vejo ele sendo um dos protagonistas ao longo da temporada”

“Não tem absolutamente nada. É muito bom jogador, mas não há interesse, nesse momento, por parte do clube e nãp há nenhuma tratativa”, expressou.

LEIA MAIS