Empresário diz que Ferreira “é o melhor jogador em atividade no Brasil”: “Estaria na Seleção se jogasse no Flamengo”

Ferreira vem apresentando uma grande evolução atuando no Grêmio

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Em entrevista à “Rádio Grenal“, Pablo Bueno, empresário de Ferreira, rasgou elogios para o atacante do Grêmio. Sendo assim, mediante a sequência que o atleta está tendo na atual temporada, ele acredita que o camisa 11 do Tricolor é o melhor jogador em atividade no Brasil. Além disso, caso seu cliente atuasse no Flamengo, o agente citou que uma convocação para a Seleção já teria ocorrido.

“Aquela vez que teve o litígio com o Grêmio, teve muita gente interessada no Ferreira. Se o Ferreira está no Flamengo, está na Seleção Brasileira já. É o melhor jogador em atividade no futebol brasileiro. Jogador que nem ele nasce de vez em quando”, declarou.

“Se fala disso, do Ferreira ter 23 anos… Já era para estar jogando há muito tempo, só não precisava de confiança. A evolução não foi dos fundamentos, foi da confiança. Ele não tinha essa confiança. Hoje ele tem tempo para jogar, antes ele não tinha isso. Não precisa só pegar a bola ir para cima e não podia errar. Craque é craque. Faltava a confiança… Hoje o Ferreira joga de atacante, não é mais auxiliar de lateral”, completou.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Além disso, Pablo Bueno também enalteceu outro atleta que representa. Como Tetê é um dos destaques do Shakhtar Donetsk, o empresário contou que a Roma já se interessou pelo meia-atacante, que foi vendido muito jovem pelo Grêmio.

“Hoje eu tenho um jogador protagonista no Brasil e um protagonista na Europa. O Tetê, em um ano de profissional, destruiu o Real Madrid, acabou com o Real Madrid. A Roma já quis o Tetê”, expressou.

LEIA MAIS

Ferreira ironiza quem o chamava de “peladeiro” e discorda de Ramírez sobre comemoração perto do banco rival: “Não direcionei”

Douglas Costa revela diálogo com Guardiola que resultou em ida para o Bayern: “Mudou minha vida”