Palmeiras: O que sabemos sobre Deyverson, Dudu e Borja?

Após negociações frustradas com Borré e Castellanos, o técnico Abel Ferreira ganhará três ‘reforços’ para o setor ofensivo do Palmeiras

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Foto: Cesar Greco/Palmeiras

O Palmeiras contratou apenas o volante Danilo Barbosa durante a janela de transferências, mas o técnico Abel Ferreira poderá contar com três ‘reforços’ para o segundo semestre da temporada, e todos para o ataque: Deyverson, Dudu e Miguel Borja – todos jogadores que retornam de empréstimo.

De Borré a Castellanos: 5 maiores negociações frustradas de clubes da Série A na janela de transferências

O Torcedores.com listou a situação de cada um dos atacantes que podem ser utilizadas pelo Palmeiras para o mata-mata da Libertadores, a Copa do Brasil e na disputa do Campeonato Brasileiro. Confira!

Deyverson:

Depois de ser emprestado para Getafe e Alavés, ambos clubes da Espanha, Deyverson retornou ao Palmeiras e já foi registrado no BID da CBF (Boletim Informativo Diário) dentro do prazo – antes do encerramento da janela de transferências – e está à disposição do técnico Abel Ferreira para ser utilizado no Campeonato Brasileiro e na disputa da 3ª fase da Copa do Brasil – o jogador só poderá ser inscrito na Libertadores a partir das oitavas de final.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Apesar do retorno confirmado, a permanência de Deyverson ainda não é certa, até porque a volta do jogador não tem a aprovação do técnico Abel Ferreira. A tendência é que ele fique como opção em caso de necessidade ou futuro interesse da comissão técnica.

Dudu:

O Palmeiras confirmou o retorno de Dudu no último dia 16, após uma temporada emprestado ao Al-Duhail. Ao contrário de Deyverson, no entanto, o clube não conseguiu garantir a volta antecipada do jogador antes do fechamento da janela de transferências – com isso, o ex-camisa 7 volta oficialmente a partir de 1º de julho, e só terá condições de jogo a partir de 1º de agosto, quando reabre a janela para contratações do exterior.

A diretoria do Verdão sempre tratou o possível retorno de Dudu como ‘reforço’ para a sequência da temporada, principalmente depois de encontrar dificuldades para contratar reforços para o setor ofensivo – algo que foi pedido pelo técnico Abel Ferreira. Até por esse motivo, o clube optou por não abrir os cofres para novos jogadores, já que Dudu volta com um dos maiores salários do futebol brasileiro.

Miguel Borja:

Artilheiro e destaque do Junior Barranquilla, o atacante está emprestado até o fim de junho, mas como não tem nenhuma opção de compra no contrato de empréstimo com o clube colombiano, o jogador deve retornar ao Palmeiras e pode ser aproveitado pelo técnico Abel Ferreira, que não recebeu o centroavante que pediu no início da temporada. O desempenho de Borja, principalmente na Libertadores, é um dos pontos positivos a favor do jogador.
Caso tenha o retorno confirmado, Borja também só ficará à disposição do Palmeiras a partir de agosto, já que o contrato de empréstimo com o Junior Barranquilla é válido até 30 de junho.

Segundo dados do site oGol, na temporada de 2021 Borja acumula 21 jogos disputados e 14 gols marcados, sendo seis deles na Copa Libertadores em sete partidas até o momento. No Junior Barranquilla desde 2020, o atacante soma 58 jogos e 35 gols.

LEIA MAIS:
Quando Dudu deve reestrear com a camisa do Palmeiras?
Rivais comparam retorno de Dudu ao Palmeiras ao ‘caso Robinho’ e ironizam; entenda as diferenças

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes