Veja por que o Palmeiras tem pessimismo quanto a utilização de Dudu antes de julho

Dudu retorna ao Palmeiras após empréstimo de uma temporada ao Al Duhail, do Qatar

Marcel Thomé
Colaborador do Torcedores.com

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras

Depois de anunciar o retorno do atacante Dudu na madrugada do último domingo (16), o Palmeiras trata com pessimismo a possibilidade de ter o jogador em campo em breve.

Edu Dracena, assessor técnico do Verdão, explicou os motivos que fazem o clube contar com Dudu somente a partir do dia 1º de julho, já que seu contrato de empréstimo termina no dia 30 de junho.

LEIA TAMBÉM: Chelsea, City e Dortmund negociam com Palmeiras por Patrick de Paula; veja valores pedidos pelo Verdão

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

A situação é bem difícil. Até porque ele tem contrato com o clube. Isso teria que ter uma anuência do clube, com relação ao atleta e ao contrato de empréstimo, pelo tempo. Fora que o Dudu, que está de férias (nos Estados Unidos), teria de abrir mão da multa. A nossa perspectiva é de que ele esteja pronto para nos ajudar a partir de julho“, disse Dracena em entrevista à Rádio Bandeirantes.

Cláusula milionária a Dudu

Sem exercer a compra, estipulada em seis milhões de euros (R$ 39 milhões) o Al Duhail optou em não ficar com Dudu em definitivo. Assim, mesmo com o bom desempenho do atacante no Qatar, o jogador irá retornar ao Palmeiras a partir de julho e será reintegrado ao elenco comandado por Abel Ferreira.

Como não ativou a cláusula contratual de compra, o Al-Duhail terá que pagar nada menos do que 2,5 milhões de euros (R$ 13 milhões) para Dudu.

LEIA MAIS: