Média de idade do time fica perto dos 30 anos, mas dirigente do Grêmio nega “rebaixamento” de jovens

Vice-presidente de futebol do Grêmio Marcos Herrmann falou sobre o tema em entrevista à Rádio Gre-Nal

Eduardo Caspary
Jornalista formado pela PUCRS em agosto de 2014. Dupla Gre-Nal.

Crédito: Foto: Divulgação/Grêmio

Uma das principais críticas da torcida do Grêmio depois da derrota de 1×0 para o Sport na quinta-feira, que representou o terceiro revés em três jogos no Brasileirão, foi a presença de jogadores experientes na vaga de mais jovens – Cortez e Paulo Victor, por exemplo, chegaram a ser citados em um manifesto conjunto de páginas tricolores na web. E, de fato, a média de idade do time que entrou em campo é alta.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Uma pesquisa divulgada pelo site GZH mostrou que o número de média de idade é 29.6 anos, a partir de sete atletas com mais de 30 que saíram jogando na Ilha do Retiro: Paulo Victor (34), Rafinha (35), Pedro Geromel (35), Kannemann (30), Cortez (34), Thiago Santos (31) e Diego Souza (36). Douglas Costa tem 30 e se tivesse sido titular na vaga de Luiz Fernando, 24, a média subiria para 30,2.

Dos jovens que sequer viajaram, o volante Fernando Henrique e o lateral-esquerdo Guilherme Guedes foram os mais pedidos pela torcida. E ganharam explicação do vice de futebol Marcos Herrmann à Rádio Gre-Nal neste sábado:

“Eles precisam de ritmo de jogo, estavam sem jogar a algum tempo. Não existe isso que estão falando que eles foram rebaixados para a transição”, justificou o dirigente.

O que diz o técnico do Grêmio?

Ao citar nominalmente Brenno, Ruan, Matheus Henrique, Jhonata Robert e Ferreira como jovens que vêm tendo sequência, Tiago Nunes, na última coletiva, considerou “tendenciosa e oportunista” a pergunta sobre um maior uso de garotos na equipe:

“Eu penso que é um ponto de vista tendencioso e oportunista, porque temos jogadores jovens que vinham sendo titulares. Muitos jogaram o Gauchão. Temos o caso do Matheus Henrique, Jhonata Robert, Ferreira… os atletas da transição fazem parte da equipe principal. Estamos sim oportunizando os jovens, mas precisamos encontrar uma mescla”, declarou na ocasião.

Sequência de jogos do Grêmio no Brasileirão:

– Grêmio x Santos, dia 24 (quinta que vem)

– Grêmio x Fortaleza, dia 27

– Juventude x Grêmio, dia 30

– Grêmio x Atlético-GO, dia 4

– Palmeiras x Grêmio, dia 7

– Grêmio x Inter, dia 11

LEIA MAIS:

Tiago Nunes cita “oportunismo” em pergunta sobre ausência de jovens e não vê falha de Paulo Victor: “Você já foi goleiro?”

Douglas Costa faz a esperada reestreia, pede calma para pegar ritmo e lamenta placar: “Primeiro tempo fomos irreconhecíveis”

Siga o autor:

No Instagram

No YouTube