Torcedores – Notícias Esportivas

Única medalhista de Porto Rico nas Olimpíadas desfila em carreata

Campeã e recordista olímpica Jasmine Camacho-Quinn foi recebida com festa no retorno ao país e teve dia de homenagens nesta terça-feira (17)

Wemerson Ribeiro
Formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, com passagem pelo Portal R7, como estagiário, na editoria de Esportes.

Crédito: Reprodução / Instagram @jcamachoquinn

A medalhista de ouro Jasmine Camacho-Quinn, de Porto Rico, ganhou uma chuva de homenagens no seu retorno ao país, nesta terça-feira (17). Além de ser a única atleta da delegação a subir no pódio, ela apresentou o quarto melhor tempo da história dos 100m com barreiras em Tóquio.

Os tributos começaram antes mesmo dela colocar os pés no solo porto-riquenho. Ainda na porta para sair do avião, ela foi cumprimentada pelos funcionários do aeroporto e acenou para os fãs que assistiam de longe. Nas ruas, ela desfilou em carro aberto e se deparou com inúmeros cartazes com seu rosto.

Desempenho histórico nas Olimpíadas

Jasmine Camacho-Quinn já dava indícios de seu favoritismo ao ouro na semifinal, quando correu para 12.26 segundos e teve a quarta melhor marca de todos os tempos nos 100m com barreiras. O recorde olímpico mais tarde seria ofuscado pelo brilho dourado na decisão, com o título inconteste.

Kendra Harrison (Estados Unidos) foi prata e Megan Tapper (Jamaica) ficou com o bronze. Ketiley Batista foi a única brasileira a disputar a modalidade, mas foi eliminada já na primeira fase.

Leia mais: