Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Daniel Alves não se reapresenta e toma decisão sobre futuro no São Paulo

Insatisfeito, Daniel Alves comunicou que só irá se reapresentar após o São Paulo quitar as dívidas pendentes

Bruno Romão
24 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: bruno.romao.nascimento@gmail.com

Crédito: Rubens Chiri / saopaulofc.net

Após estar presente na sequência das Eliminatórias, Daniel Alves, assim como Miranda, deveria se reapresentar nesta sexta (10). Porém, o lateral-direito não esteve no CT do São Paulo e deixou um recado por meio dos seus representantes. Sendo assim, sua volta só irá ocorrer no momento em que a diretoria quitar as pendências salariais existentes.

“Fomos comunicados por seus representantes que Daniel Alves não retornará ao São Paulo enquanto não houver o ajuste da dívida financeira que o São Paulo tem com o atleta“, informou o clube por meio de Carlos Belmonte.

Além disso, o São Paulo informou que as negociações para o problema ser resolvido continuam. Mesmo assim, caso Daniel Alves seja pago, a tendência é que o atleta não volte a atuar pelo time, já que sua atitude acabou sendo bastante radical.

“O São Paulo reconhece a dívida e já fez uma proposta buscando um acerto, que não foi aceita. A negociação continuará envolvendo o departamento jurídico e financeiro. Do ponto de vista do departamento de futebol, comunicamos ao técnico Hernán Crespo que Daniel Alves não estará à disposição no time do São PauloVale sempre lembrar que o São Paulo é mais importante do que todos nós… Ninguém é maior do que o São Paulo Futebol Clube., completou o diretor de futebol.

CENÁRIO JÁ ERA ESPERADO

No momento, a dívida do São Paulo com Daniel Alves gira em torno de R$ 11 milhões. Apesar de não priorizar o fator financeiro, ele deixou claro que não iria trabalhar de graça, algo que indicou um possível rompimento com o clube.

“A minha preocupação com o São Paulo era fazer com que o São Paulo ganhasse. Eu não queria que outras coisas interferissem nesse objetivo. Eu não faço isso por dinheiro. Não é o que me move na minha vida. O dinheiro só consegue pagar os meios para eu poder me mover, mas não é ele que me move. Evidente que eu também não trabalho de graça. Chega um momento que eu não posso facilitar mais, porque eu começo a desvalorizar o produto“, afirmou ao “SporTV”.

LEIA TAMBÉM

Neto dispara críticas contra Daniel Alves e fala sobre alto salário do jogador: ‘Foi a maior mentira do São Paulo’

Cicinho avalia desempenho de Dani Alves e manda recado para o camisa 10 do São Paulo

“Daniel Alves estava perto de ir para o Corinthians”, afirma Neto

Alvo do Palmeiras, goleiro ex-São Paulo pode chegar a dois anos sem jogar

Messi bate recorde de Pelé e se emociona por título pela seleção: “Sonhei e lutei por isso”

Brasileirão: Só um jogador foi expulso mais de uma vez no 1º turno

Jornalista detona Neymar após declarações polêmicas: ‘É mau caráter, um mimado’

Quem sai em alta da seleção brasileira após 3 rodadas das Eliminatórias?