Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Flamengo tem receita acumulada superior a R$ 7 bilhões nos últimos 18 anos; confira o Top-9

Desde 2014 o Flamengo vem sendo o clube brasileiro que apresenta o maior faturamento em termos de receitas

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Divulgação / Juan Mabromata - Pool/Getty Images

Os clubes de futebol não têm como meta o lucro contábil. Mas é inegável que as equipes com melhor condição financeira conseguem ter melhores elencos e com isso largam na frente na disputar por títulos. Dessa forma, a análise financeira acaba sendo um fator importante na hora de analisar e entender o futebol brasileiro. O principal exemplo acaba sendo o Flamengo.

Conforme estudo da Sports Value, o Rubro-negro conseguiu arrecadar R$ 7.224 bilhões entre 2003 e 2020. Em seguida, entre os clubes que mais faturam, aparecem São Paulo (próximo dos 7 bilhões), Corinthians e Palmeiras, os dois últimos com receitas acima de 6 bilhões.

Confira o Top-9 de receitas do futebol brasileiro – 2003 / 2020 (em bilhões)

  1. Flamengo – R$ 7.224
  2. São Paulo – R$ 6.896
  3. Corinthians – R$ 6.766
  4. Palmeiras – R$ 6.401
  5. Internacional – R$ 4.693 *
  6. Grêmio – R$ 4.688 *
  7. Santos – R$ 4.154 *
  8. Cruzeiro – R$ 4.079 *
  9. Atlético-MG – R$ 4.030 *

*Ausentes os dados do Internacional nos anos de 2013 e 2018, Grêmio em 2003, 2004 e 2005, Santos em 2015, Cruzeiro em 2012 e 2020 e Atlético-MG em 2005*

Curiosidades do ranking de receitas

O Top-9 de receitas de clubes brasileiros mostra pontos interessantes. Uma delas é a alternância na liderança. Inicialmente o São Paulo era quem liderava o ranking nos anos 2000. Em seguida, 2009 foi a vez do Corinthians, impulsionado por Ronaldo Fenômeno, assumir a primeira colocação. Já a partir de 2014 foi a vez do Flamengo liderar o ranking, seguido de perto pelo Palmeiras, que chegou a assumiu a liderança em 2018.

Inclusive, esse fato ajuda a entender porque esses clubes se mostram entre os principais, pelo menos em relação a contratações nos últimos anos, afinal eles mostram um crescimento nas suas receitas ano a ano.

Com relação aos clubes do Sul, nota-se um crescimento no faturamento do Grêmio a partir de 2016,  fator que ajuda a entender a boa situação financeira do clube. Já o Internacional vem mostrando uma renda variável, mas com valores bem próximos ano a ano.

O Santos mostra um desempenho variável ao longo dos anos, mas com valores bem abaixo dos seus rivais, situação parecida a que vive o Cruzeiro.

Por fim, merece destaque o crescimento do Atlético-MG. Inclusive apenas o Galo e o Timão conseguiram ter um aumento nas receitas de 2019 para 2020, época da pandemia do Covid-10.

LEIA TAMBÉM:

Talisca no Corinthians? Jogador recebe salário astronômico no Al-Nassr; veja valores
Titular do Corinthians tem lesão diagnosticada e vira desfalque por cinco semanas
Mancha Verde cobra Galiotte por conduta à frente do Palmeiras: “Presidente fraco e omisso”
Palmeiras: STJD define resultado do julgamento de Patrick de Paula e Abel Ferreira; veja
Clubes pedem adiamento temporário do Brasileirão caso liminar favorável ao Flamengo não caia
Neto surpreende e aponta “três craques” presentes no time do São Paulo
Muito criticado, Solskjaer explica motivo de ter substituído Cristiano Ronaldo em jogo da Champions League
Eliminatórias da Copa do Mundo: Tite anunciará convocados para mais uma rodada tripla no próximo dia 24