Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Lukaku, Lewandowski, Cristiano Ronaldo: estrelas do ataque brilham no 1º dia da Champions League 2021-22

Atacantes estrearam na Liga dos Campeões com pelo menos um gol cada, mas com resultados diferentes

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Pool/Getty Images

O primeiro dia da fase de grupos da Champions League 2021-22 deu o que falar, com resultados variados e emoções diversas. Teve zebra, teve passeio, teve vitória apertada…em comum, uma coisa salta aos olhos: o brilho das estrelas do ataque.

Pensando em todas as 16 equipes que entraram em campo nesta terça-feira (14), na Liga dos Campeões, são, indubitavelmente, três as maiores referências ofensivas: Romelu Lukaku, do Chelsea, Robert Lewandowski, do Bayern de Munique e, claro, Cristiano Ronaldo, do Manchester United.

Além de seu renome, prêmios e enorme ameaça que representam às defesas adversárias, o trio teve algo em comum nesta tarde de Champions League: estrearam com gols. O craque português foi o primeiro, já que entrou em campo mais cedo, às 13:45.

O “Robozão” marcou o primeiro gol da partida, chegou aos 135 marcados na competição, da qual é o maior artilheiro da história, e ainda se viu igualar o goleiro Iker Casillas como quem mais entrou em campo no torneio, com 177 partidas (contando apenas da fase de grupos para frente).

A festa, no entanto, da volta de Cristiano Ronaldo à Liga dos Campeões com o Manchester United, terminou como um enterro. Com um a menos desde a metade do primeiro tempo, o United tomou a virada do Young Boys-SUI, com direito a gol no último minuto a partir de falha de Lingard que, veja só, substituiu o português na partida.

Lukaku seguiu seu brilho pelo Chelsea

A estrela do ataque de outro time inglês também teve seu momento de brilho. Decisivo, Lukaku fez, na metade do segundo tempo, o gol da vitória do Chelsea sobre o Zenit, dos brasileiros Malcom, Claudinho, Wendel e Douglas Santos.

Foi o quarto gol do belga em quatro partidas desde seu retorno aos Blues, entre empréstimos, de 2011 a 2014. Vivendo grande momento, o centroavante, que foi contratado por 115 milhões de euros, chegou ao número tendo dado apenas 6 chutes ao gol em todas as partidas. Vem mais por aí, pode ter certeza.

Lewandowski fazendo história na Champions League

Finalizamos com quem, no fim, brilhou mais nesse primeiro dia da Champions League 2021-22: Robert Lewandowski. O polonês não só marcou dois gols, como deu um drible desconcertante em Piqué em um deles, comandou mais um passeio do Bayern de Munique sobre o Barcelona — dessa vez “só” 3 a 0 — e ainda fez história na competição.

Com os dois tentos marcados nesta terça, Lewa chegou aos 75 marcados da UCL em 97 partidas. É o segundo jogador que mais rápido alcançou a marca, atrás somente de Messi, que precisou de 92 jogos, e acima de Cristiano Ronaldo, que o fez após 111.

De quebra, Lewandoswki balançou as redes pelo 18º jogo consecutivo. Foram nada menos que 29 gols nessa sequência, com direito a quatro hat-tricks. Não à toa, é o atual detentor do posto de melhor jogador de futebol do mundo.

LEIA TAMBÉM

Champions League: RB Salzburg tem três pênaltis e um jogador a mais, mas só empata com o Sevilla

Champions League: Lukaku marca de novo e Chelsea vence o Zenit em Londres

Pelo Manchester United, Cristiano Ronaldo iguala marca de lenda do Real Madrid na Champions League

Cristiano Ronaldo sai, Manchester United perde para o Young Boys e web não perdoa; veja os memes

Apresentador defende Neymar e dispara conta Patrícia Pillar, ex-Globo: “Enchem o saco do cara”

CBF toma atitude em polêmica envolvendo duelo entre Brasil x Argentina, pelas Eliminatórias | Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Galvão Bueno cita dois técnicos para assumir o lugar de Tite na seleção brasileira

Daniel Alves recebe procura de gigante da Série A e oferta é preparada