Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Ex-repórter da Globo revela como invadiu festa do Corinthians e virou amigo de Ronaldo

Ronaldo Fenômeno foi o grande destaque do Campeonato Paulista de 2009

Dayvidson Soares
Jornalista, com passagens por Globoesporte.com, Lance! (Craque do Futuro) e Jornal Gazeta de Alagoas. Apaixonado por futebol e boas histórias.

Crédito: Reprodução

Ex-repórter e apresentador da Globo, Ivan Moré participou do podcast Podpah, no Youtube, na última quinta-feira (9), e entre os assuntos ele revelou como se tornou amigo do ex-jogador Ronaldo.

O jornalista contou que era repórter setorista do Corinthians e acompanhava diariamente Ronaldo e queria muito, pelo menos, apertar a mão dele a apresentar que era. Iván Moré foi escalado para cobrir a festa do título do Timão do Campeonato Paulista de 2009 e viu como uma boa oportunidade de se aproximar do ‘Fenômeno’.

“Eu fui para a festa e o Ronaldo iria falar (Com a imprensa). A assessoria passou para ele: ‘Você vai responder três perguntas’. Tinha uns 15 repórteres e eu fiz as três. Eu tinha que fazer duas reportagens e só ele iria falar. Voltei para a Globo, fiz as duas reportagens, aí deu 2 horas da manhã e pensei:’Eu vou voltar para a festa’.

Iván Moré não tinha ingresso para entrar na festa, mas conseguiu através do empresário do goleiro Felipe. No local, o jornalista ficou esperando o momento certo de chegar até Ronaldo para pegar eu sua mão e se apresentar.

“Eu falei: ‘Ronaldo, eu vou tomar 30 segundos. Meu nome é Ivan Moré, desculpa cara, eu entrei aqui na festa só para apertar sua mão. Eu queria te parabenizar pelo que você fez no Corinthians, eu sou setorista do Corinthians, eu trabalho na TV Globo, eu já fiz várias reportagens sobre você. Eu só queria pegar na sua mão e falar para você olhando no seu olho que pode confiar em mim, e se eventualmente a gente puder fazer uma entrevista, confia em mim, que sou um cara do bem. Obrigado por você existir e obrigado pelo que você fez pelo Corinthians”.

O jornalista contou ainda que foi surpreendido com o Ronaldo, que disse que curtia o seu trabalho e o convidou para ficar junto com ele no camarote da festa.

“O Ronaldo disse: ‘Gostei da sua humildade, vamos tomar um champanhe comigo lá no camarote’. Fiquei até às 8 da manhã tomando ‘champa’ com o Gordo. Peguei o telefone dele, chamei para meu casamento, ele me chamou para dias aniversários e viramos ‘brother'”, finalizou o jornalista.

Leia também:

Ex-Globo detona Casagrande por criticar o governo: “Vergonha foi todo exemplo que ele deu para sociedade”

Neymar e Casemiro lideram ‘trote’ na seleção, que tem Gerson cantor e discurso de novatos; assista

7 jogadores que começaram a temporada com sequência, mas perderam espaço no Brasileirão

Marinho cita “erro médico”, detona o Santos e releva ofertas de dois rivais: “Preciso respirar”