Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Árbitro agredido em jogo relata medo de morte em desabafo e dispara contra jogador: ‘Um ato covarde’

William Ribeiro ficou algumas horas detido em uma penitenciária e deve responder processo em liberdade

Cido Vieira
Jornalista formado e apaixonado por futebol desde criança. No Torcedores.com desde o ano de 2017, já acumulei diversas funções no site e atualmente me dedico a cobertura do futebol nordestino. No Twitter, @cidovieira90.

Crédito: Montagem - Fotos: William Oliveira Guarani-RS Divulgação - Reprodução FGF

Vítima de um episódio lamentável e assustador na última segunda-feira (4), quando fora agredido pelo jogador William Ribeiro em um duelo entre Guarani-VA e São Paulo-RG, pela segunda divisão do Gauchão, o árbitro Rodrigo Crivellaro concedeu entrevista ao “LANCE! na Jogada”, e detalhou o sentimento vivenciado antes e depois de ser agredido pelo atacante de 30 anos, em caso de repercussão e revolta nacional.

“Sempre vem um filme na cabeça. Foi um ato tão covarde, mas tenho que agradecer por estar vivo, “bem” entre aspas, pois podia ser muito pior. É pensar no futuro, confiar que vai ficar tudo bem, vai ficar tudo certo”, pontuou Crivellaro.

Atingido por William Ribeiro com chutes em regiões perigosas, o árbitro está utilizando um colar cervical, e pode ser submetido brevemente a um procedimento cirúrgico para corrigir uma lesão na vértebra C6.

“Tem possibilidade sim. Farei um novo raio-X semana que vem para saber se precisarei. Espero que não, que tenha melhorado, senão terei de passar pela cirurgia. A cirurgia é simples, mas todas têm um risco. Rezo todos os dias para que consiga a recuperação naturalmente”, disse Crivellaro, que também teve um corte da boca em função das agressões desferidas por William Ribeiro.

Preso em flagrante ainda no estádio, o jogador pode responder por tentativa de homicídio. Menos de 24h após a sua detenção, o agressor teve uma audiência de custódia e obteve a liberação da Justiça. O MP prometeu recorrer para viabilizar a prisão novamente. A Polícia Civil deve concluir as investigações do caso na próxima semana e entregar tudo ao judiciário, que decide se haverá ou não indiciamento de William Ribeiro.

LEIA TAMBÉM:

Brasileirão: jogador ex-Corinthians é denunciado no STJD e pode pegar gancho pesado

Neto fica indignado com caso de jogador que agrediu árbitro e dispara: ’30 anos de cadeia’

Internautas se revoltam após jogador que agrediu árbitro receber liberdade provisória: ‘Inaceitável’

Jogador que agrediu árbitro tem possível data para ser julgado; veja detalhes do processo

Brasileirão: Veja a lista dos maiores públicos da 24ª rodada

Messi “ignora “Cristiano Ronaldo e aponta 4 favoritos para a Bola de Ouro

Róger Guedes, do Corinthians, é eleito o craque do Brasileirão em setembro

Dirigente de time da Série A detona clubes brasileiros e dispara: “eles escolhem se endividar”

Ex-diretor do Palmeiras, Alexandre Mattos diz quais são os quatro clubes mais organizados do Brasil