Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Crespo demitido: veja quais técnicos que podem assumir o São Paulo após a demissão do argentino

Entre os possíveis substitutos de Crespo está o ex-goleiro e ídolo são-paulino Rogério Ceni, sem clube desde julho

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Divulgação/São Paulo

O São Paulo oficializou a demissão do técnico argentino Hernan Crespo após 53 partidas disputadas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas – com aproveitamento de 57,23% dos pontos disputados, além do título do Campeonato Paulista após 16 anos de jejum. Em nota, o Tricolor informou que “abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador”, mas não indicou nenhum nome.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

É possível imaginar que o nome de Rogério Ceni entre na pauta da diretoria são-paulina, mas além do ex-goleiro, outros treinadores que já foram especulados no passado podem ganhar força nos bastidores – técnicos brasileiros que estão livres, como Roger Machado e Mano Menezes, também podem aparecer entre os rumores e especulações dos próximos dias.

O Torcedores.com listou quais treinadores podem ser especulados no São Paulo nos próximos dias, seja para assumir o comando técnico imediato ou pensando já em um projeto para 2022; confira!

ROGÉRIO CENI PODE VOLTAR?

Livre no mercado desde que foi demitido do Flamengo, em julho, Rogério Ceni, que é o atual técnico campeão brasileiro, carioca e da Supercopa do Brasil, tem sido especulado para assumir o comando técnico do Grêmio, que está na luta contra o rebaixamento, e agora pode começar a ser cotado para assumir o comando do São Paulo.

Pelo Tricolor paulista, Ceni é ídolo pelo que fez em campo como goleiro entre 1990 e 2015, com mais de mil jogos disputados e 131 gols marcados. O ex-camisa 01 ainda comandou o clube em 2017, seu primeiro trabalho como treinador.

Antes de assumir a presidência do São Paulo, Julio Casares avaliou como ‘precipitada’ a contratação de Rogério Ceni como treinador. “Houve uma dupla precipitação: do Rogério em iniciar a carreira (no São Paulo) e do São Paulo em contratar o Rogério naquele momento. Ele poderia ter feito um caminho como ele está fazendo agora no Fortaleza, como o Muricy fez sendo auxiliar do Telê. É um grande ídolo, um cara que entende de futebol, que tem um futuro promissor, é são-paulino, mas naquele momento era uma pressão muito grande“, disse em entrevista à TV Gazeta, em março de 2020.

+ Casagrande detona empresário de Benítez, do São Paulo: “Tem que cuidar da carreira do jogador, não pressionar treinador”

Ainda naquela época, Casares já havia deixado as portas abertas para um possível retorno do ex-goleiro. “Um clube que tem necessidade financeira e de ganhar títulos não é uma equação fácil. Todo mundo vai ser cobrado, pode até ser um ídolo. Então, naquele momento acho que foi prematuro para as duas partes. Mas ele é um cara que está fazendo um bom trabalho, está indo bem e, quem sabe, pode até voltar um dia“, completou.

ALÉM DE CENI…

Antes de contratar Hernan Crespo, o São Paulo tentou alguns nomes que agora podem voltar a lista de opções da diretoria, entre eles o português André Villas-Boas, ex-Porto, Chelsea e Olympique de Marselha, o argentino Guillermo Barros Schelotto, ex-Boca Juniors, e Miguel Ángel Ramírez, ex-Internacional. Desses três, apenas o ex-comandante colorado está empregado atualmente.

Nós tínhamos o Ramírez, do Inter, e o treinador argentino, Schelotto (na lista final com Crespo). Eram técnicos que ficaram em nossa avaliação. O Villas-Boas e outros técnicos nem escutaram nossa oferta, não quiseram vir para o Brasil”, contou Casares em uma entrevista ao programa ‘Arena SBT’, em junho deste ano.

NOMES NO MERCADO…

Entre os nomes disponíveis no mercado da bola atualmente, além dos já citados Rogério Ceni, André Villas-Boas e Schelotto, existem alguns treinadores que podem integrar a lista de opções do São Paulo, pensando, inclusive, no projeto já para 2022. Veja alguns os treinadores brasileiros e estrangeiros que estão livres atualmente:

Roger Machado
Dorival Júnior
Luiz Felipe Scolari
Mano Menezes
Lisca
Thiago Larghi
Eduardo Barroca
Jair Ventura
Abel Braga
Miguel Ángel Russo (Argentina)
Gabriel Heinze (Argentina)
Paulo Fonseca (Portugal)
Jesualdo Ferreira (Portugal)
Ricardo Sá Pinto (Portugal)
Jürgen Klinsmann (Alemanha)
Cesare Prandelli (Itália)
Eusebio Di Francesco (Itália)
Ernesto Valverde (Espanha)
Quique Setién (Espanha)

Confira a nota do São Paulo sobre a demissão de Crespo:

“O São Paulo Futebol Clube informa que Hernán Crespo deixa o comando técnico da equipe nesta quarta-feira (13). A decisão foi tomada em comum acordo após conversa entre o treinador e a diretoria do Tricolor. Também deixam o Clube Juan Branda (auxiliar técnico), Alejandro Kohan e Gustavo Sato (preparadores físicos), Gustavo Nepote (preparador de goleiros) e Tobías Kohan (analista de desempenho), que chegaram ao Tricolor junto com o treinador.

Ao longo de oito meses, Crespo dirigiu a equipe na conquista do Campeonato Paulista e trabalhou em 53 partidas, com 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas, aproveitamento de 57,23% dos pontos. . O time ainda foi comandado em outros quatro jogos pelo auxiliar Juan Branda, quando o argentino se recuperava de Covid-19.

O São Paulo agradece aos profissionais pelo trabalho e pela dedicação demonstrados durante todo o período em que defenderam nossas cores, e pela conquista do título do Estadual, triunfo esse que não era obtido desde 2005. De imediato, o Clube abrirá um processo de busca no mercado pelo novo treinador.”

As melhores notícias de esportes, direto para você

    

 

Leia mais:
Três nomes são especulados como substituto de Crespo no São Paulo; confira
Cicinho não releva e detona Benítez no São Paulo: “Ele fica andando no treinamento”
Caso Crespo seja demitido, Cicinho revela quem será o novo treinador do São Paulo
Apesar da pressão, São Paulo pode “segurar” Crespo até 2022 por causa da multa rescisória

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes