Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cruzeiro pode ver greve no elenco por salários atrasados

Atletas da Raposa discutem paralisar treinamentos enquanto atrasos não forem quitados; jogadores e funcionários sofrem com folhas em aberto

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial Cruzeiro

O Cruzeiro convive há muito tempo com o tema dos salários atrasados de jogadores e funcionários. Os atletas agora podem tentar algo mais ‘radical’ para convencer a diretoria sobre a insatisfação com tais atrasos: uma greve.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

De acordo com o GE, os atletas cruzeirenses vem conversando entre si sobre uma possiblidade de fazer uma paralisação nos treinos como forma de protesto contra a situação dos atrasos salariais. Quando e se tal greve vai acontecer não está definido ou revelado, mas é uma possibilidade de chamar a atenção da diretoria.

Dentro o elenco, são duas folhas salariais que ainda não foram acertadas (a de setembro teve pagamentos parcialmente feitos aos jogadores). Outras dívidas são de 13º salário, férias e os depósitos de Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Quando Vanderlei Luxemburgo chegou ao clube, parte dos atrasados foi paga graças a uma injeção vinda de Pedro Lourenço, patrocinador do clube, mas os atrasos voltaram a acontecer.

Um número exato da dívida do Cruzeiro para cada jogador não pode ser definido pelo pagamento de cada ser parcelado. A situação dos funcionários e dos jogadores da equipe feminina e das categorias de base é semelhante ou até pior em certos termos em relação aos atrasos. O time sub-20 chegou a até não treinar por um dia como forma de protesto.

Luxemburgo tem intercedido em várias declarações a favor da resolução salarial e tem ouvido dos jogadores da Raposa as diversas reclamações do elenco sobre os atrasos. Não há informação sobre o posicionamento do técnico sobre uma possível paralisação.

Em 2020, o clube também viveu situação semelhante, quando os jogadores, antes de uma partida contra o Oeste, não quiseram se concentrar como forma de protestar contra os salários atrasados de então.

LEIA TAMBÉM

Conmebol pune Atlético no bolso em jogo contra o Palmeiras; veja o valor

Jornalista detona Neymar após declarações do craque sobre futuro: “Sempre foi um irresponsável”

Após ser filmado tomando banho, Gabigol ironiza exposição em Manaus

Algoritmos dizem que Vinícius Júnior, do Real Madrid, é um dos 10 melhores jogadores da atualidade

Negociações entre Porto e Tombense são alvo de investigação do MP

Cruzeiro é condenado na Justiça a pagar R$ 8 milhões a Edílson

Agente de Felipão detona Cruzeiro e faz forte revelação sobre o clube

Cruzeiro: Luxemburgo dispara contra arbitragem em empate com Botafogo

As melhores notícias de esportes, direto para você