Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Federer confirma inscrição e anima fãs sobre próxima temporada

Após terceira cirugia no joelho direito, futuro do tenista suíço dentro das quadras se tornou incerto

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, Fórmula 1, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Crédito: Crédito: Divulgação / Instagram @rogerfederer

Aposentaria? Ao que parece, Roger Federer ainda não pensa em pendurar a raquete. Aos 40 anos, o tenista suíço confirmou sua participação no próximo ATP 500 de Halle, na Alemanha, em junho de 2022. O torneio, disputado na grama, serve de preparação para Wimbledon, o terceiro Grand Slam do ano. Federer, aliás, é nada menos que DECACAMPEÃO em Halle, com um retropecto de 69 vitórias e apenas oito derrotas.

Embora tenha manisfetado o desejo de participar da competição do ano que vem ainda em abril de 2021, Federer não havia selado a inscrição. Neste meio tempo, o suíço foi submetido a terceira cirurgia de sua carreira no joelho direito. Portanto, ele não joga desde 7 de julho. Na ocasião, foi eliminado nas quartas de final de Wimbledon pelo polonês Hubert Hurkacz.

Além do ex-número 1 do mundo, Alexander Zverev, Daniil Medvedev, Kei Nishikori e Karen Khachanov também já foram anunciados pela organização como participantes do próximo ATP 500 de Halle. Evidentemente, qualquer imprevisto (como uma lesão) pode impedir a participação de um tenista no torneio, apesar de já inscrito previamente. Contudo, a confirmação oficial não deixa de ser uma notícia animadora para os fãs de Roger Federer.

Sem jogar, Federer deixou o top 10 da ATP

Em meio a pandemia de Covid-19, Federer não perdeu pontos no ranking da ATP, que estava ‘congelado’. Todavia, em 2021, com o retorno à normalidade da contagem, o suíço acabou caindo muitas posições. No momento, Roger Federer é o 15º melhor tenista do mundo, com 2.785 pontos. Com ainda 400 pontos a perder, a previsão mais otimista o coloca como 20º ao final do ano. No entanto, é muito provável que Federer fique abaixo do top 20.

Seu último título no circuito aconteceu há, exatamente, dois anos. Em 27 de outubro, o suíço derrotou o australiano Alex De Minaur por dois sets a zero (6-2 e 6-2 ), vencendo, assim, o ATP 500 da Basileia. Federer tem 103 taças no total e persegue o recorde histórico de Jimmy Connors, que venceu 111 títulos de simples. Será que o suíço conseguirá alcançar essa marca? O torneio de Halle, onde ele já triunfou dez vezes, pode ser uma boa opção…

Curiosidade: Roger Federer foi campeão do ATP 500 de Halle em 2003, 2004, 2005, 2006, 2008, 2013, 2014, 2015, 2017 e 2019.

LEIA MAIS:

Djokovic pode jogar o Australian Open, mas terá de fazer quarentena, diz e-mail vazado

Djokovic já garante mais um recorde absoluto do tênis em 2021; veja

100 dias para as Olimpíadas de Inverno: Saiba em quais modalidades o Brasil já está garantido ou vai lutar por vagas

NFL: Jogador exibe multa salgada que levou… por atraso de 1 minuto

Copa do Mundo sem Brasil e Argentina? Conmebol ameaça não participar caso competição seja a cada dois anos

Edu Dracena é apresentado como novo Executivo de futebol do Santos

Conmebol obrigará Flamengo a fazer mudança para final da Libertadores contra o Palmeiras; entenda

Gigante brasileiro pode ser comprado em 2022; veja interessados