Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Mercado da Bola: Lisca revela proposta de dois clubes da Série A

Ex-Vasco, Lisca está sem cube no mercado da bola

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Reproducao/YouTube

Livre no mercado da bola desde a saída do Vasco, Lisca recebeu recentemente três convites para retornar ao futebol. A revelação partiu do próprio treinador em entrevista ao podcast “O Bairrista“. Segundo ele, nenhum dos projetos apresentados foi o suficiente para convencê-lo a voltar para a beirada do campo.

Lisca recebeu oferta de duas equipes que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro e uma Série B. Bahia e Sport, e Náutico procuraram. Dois deles lutam contra o rebaixamento.

“Neste ano não (quero ser ‘bombeiro’). Em 2019, 2020 e 2021 não vou trabalhar com isso. Foi uma definição minha de plano de carreira. Recebi outros convites também em 2019 e 2020. Depois que eu subi o América, recebi três convites. Dois atrelados à situação de rebaixamento, Bahia e Sport, e, na B, o Náutico.

O Náutico, por outro lado, luta pelo acesso à elite do futebol nacional. Lisca explicou a decisão de dizer ‘não’ para o clube pernambucano.

“O sentimento que eu tenho pelo Náutico é semelhante ao que tenho com o Juventude. Sou muito amigo do diretor de futebol, o Diógenes (Braga), que talvez seja presidente (ele deve sair como candidato na eleição do final de ano). É um clube que já passei, tenho um carinho enorme. Eu não vou lá apagar incêndio. A próxima vez que eu voltar no Náutico é para ser “top”, diz.

“Se o Salum [Marco Salum – presidente do Coelho] me chamasse: “Lisca, vem”. Eu iria. Por gratidão e porque eu comecei o trabalho neste ano lá. Mas acho que o AMérica-MG fez certo. Chamou o Marquinhos, que é um grande treinador”, concluiu Lisca.
LEIA TAMBÉM: