Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Palmeiras: Quem tem a maior multa rescisória do elenco?

Danilo e Patrick de Paula estão entre os jogadores ‘mais valiosos’ do elenco do Palmeiras

Danielle Barbosa
Jornalista. Escrevendo para o Torcedores desde 2014.

Crédito: Cesar Greco/Ag. Palmeiras

O Palmeiras não é conhecido por ser um grande vendedor de jogadores, mas a situação  pode mudar em breve, com a nova safra de jogadores revelados nas categorias de base do clube e que na última temporada foram peças importantes na conquista da Tríplice Coroa – Campeonato Paulista, Libertadores e Copa do Brasil. Com multas rescisórias altas, os dirigentes blindam esses atletas do assédio europeu.

Os meio-campistas Danilo e Patrick de Paula, por exemplo, possuem as maiores multas rescisórias do atual elenco profissional – 100 milhões de euros (cerca de R$ 632 milhões na cotação atual) cada. O primeiro tem contrato mais longo, até agosto de 2025, enquanto o vínculo de PK é válido até o fim de 2024.

Depois deles, outros dois garotos aparecem com multas milionárias: Gabriel Veron e Gabriel Menino possuem cláusulas estipuladas em 60 milhões de euros cada, cerca de R$ 372 milhões na cotação atual. Veron tem contrato até setembro de 2025, e Menino possui vínculo até o fim de 2024.

O atacante Wesley e o zagueiro Renan, outros jovens revelados na base palmeirense também possuem multas importantes, mas o valores não foram divulgados. Mas com base nas cláusulas dos outros jogadores da base, é possível estimar que o montante seja próximo dos 60 milhões de euros também.

Outra peça importante do atual elenco Alviverde, o atacante Dudu, que tem contrato até 2023, também possui uma cláusula de rescisão avaliada em 60 milhões de euros. O jogador chegou a ser emprestado ao Al-Duhail, do Catar, e com a opção de compra, a negociação poderia render cerca de R$ 80 milhões aos cofres do clube,mas como o jogador ficou apenas a temporada emprestado, rendeu 7 milhões de euros (R$ 43,1 milhões na época).

Peça importante na conquista da Libertadores, o atacante Rony assinou contrato com o Palmeiras em 2020 com um a multa rescisória R$ 540 milhões para clubes do mercado nacional, segundo informação da Gazeta Esportiva na época – o valor da cláusula para o exterior não foi revelado. O camisa 7, porém, renovou seu vinculo recentemente e, além de uma valorização salarial, o clube também aumentou a multa.

Leia também:
Palmeiras x Flamengo: Quem investiu mais em reforços em 2021?
Palmeiras x Flamengo: Quem tem a folha salarial maior?
Neto diz que Leila Pereira vai contratar Cavani e James Rodríguez para o Palmeiras
James Rodríguez no Palmeiras? Astro colombiano tem salário astronômico no Al Rayyan
Abel Ferreira recebe proposta de time da Espanha; treinador já tomou decisão sobre seu futuro
Cavani no Palmeiras? Atacante poderá assinar pré-contrato a partir de janeiro, mas tem salário astronômico
Como Felipe Melo pode trabalhar para conseguir renovar com Palmeiras mesmo após Galiotte decretar ‘fim de ciclo’
Mattos dispara contra o imediatismo no futebol e cita projeto para Arthur Cabral no Palmeiras: “Planejamento foi quebrado”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes