Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Troca com Galo por Tchê Tchê, meia oferecido e indicados de Ceni para 2022: as notícias do São Paulo hoje (25)

São Paulo se prepara para enfrentar o Internacional, pelo Brasileirão, no próximo fim de semana, mas outros assuntos, especialmente do mercado da bola, ganharam destaque no noticiário tricolor hoje

Marcel Thomé
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Divulgação

Confira as principais notícias do São Paulo hoje (25):

Segundo publicação veiculada no portal ‘Radar Esportes’, o Atlético-MG estaria disposto a ceder o lateral-direito Guga e o meio-campista Alan Franco ao Tricolor para ter Tchê Tchê em definitivo a pedido do técnico Cuca, que já trabalhou com o jogador no Palmeiras e no próprio time do Morumbi antes de pedir sua contratação para o Galo.

 De acordo com o jornalista Bruno Andrade, do UOL Esporte, o jogador já foi oferecido para o Tricolor e ainda para os rivais Santos, Palmeiras e Corinthians.

Os meio-campistas Diego Ribas e Willian Arão, do Flamengo, além do goleiro Felipe Alves, do Fortaleza, são os três nomes até agora indicados pelo comandante do Tricolor.

Desfalques na derrota contra o Red Bull Bragantino no último fim de semana, os atacantes argentinos Rigoni e Calleri se recuperam de lesões e podem ficar à disposição de Rogério Ceni.

Veja as últimas novidades do Tricolor no mercado da bola.

“Ele começou muito bem, sofreu contusões. O Benítez precisa estar 100% fisicamente. Senão, não desenvolve o trabalho dele, ainda mais jogando com três zagueiros. Porque tem um meia só e precisa de uma parte física muito forte, o campo fica grande. Ele sentiu muita dificuldade nesse sentido. No fim do ano, vamos ver o que fazer”, disse Muricy Ramalho, em entrevista ao Mesa Redonda, da TV Gazeta.

“Acho que os dois lados falharam. O clube não tinha condições de ter o Daniel, porque o salário dele é altíssimo, como foi demonstrado. Então, o jogador também tem razão. Ele tem que receber. Acumulou muito a dívida, porque não pagavam desde quando ele chegou, não sei. Nisso ele tem razão”, falou Muricy.

“A vida do goleiro é assim. É normal (sofrer críticas) quando você sofre gols ou comete uma falha, o que acaba acontecendo com todos. Mas nos últimos jogos ele vem crescendo, ajudando a equipe”, avaliou Ceni após a derrota contra o Red Bull Bragantino.

As melhores notícias de esportes, direto para você