Torcedores – Notícias Esportivas

Imprensa equatoriana surpreende e crava destino de Alan Franco, do Atlético-MG

Alan Franco pode trocar o Atlético-MG por outro clube da Série A do Brasileirão

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Divulgacao/Atlético

O futuro de Alan Franco ainda é uma grande incógnita no Atlético. Contratado em 2020 junto ao Independiente del Valle, o meio-campista até chegou a ter espaço com Jorge Sampaoli, mas nesta temporada o cenário é outro sob o comando de Cuca.

Como já dito publicamente, Cuca aponta para o limite de estrangeiros e a forte concorrência no setor como principais razões para não utilizar Alan Franco como gostaria. Ao mesmo tempo, é inevitável que surjam notícias envolvendo uma eventual saída do jogador.

Segundo informações da ‘ESPN‘ do Equador, Alan Franco estaria muito próximo de trocar de clube no Brasil. O destino seria o Fortaleza, que é uma das gratas surpresas neste Campeonato Brasileiro e possivelmente disputará a próxima edição da Libertadores da América.

Apesar de pouco aproveitado, Franco segue prestigiado em sua seleção e é figura recorrente nas convocações do argentino Gustavo Alfaro. Contudo, é evidente que o atleta não está contente com a atual situação e tende a buscar novos ares em 2022.

“Ele não está sendo relacionado por conta do regulamento e não por uma preferência do Cuca. Nós temos sete estrangeiros e é um problema que enfrentamos, só podem ser relacionados cinco. Ele e o Dylan Borrero sofrem com isso. Algumas situações apareceram, mas nenhuma delas que tenham sido vantajosas e interessantes, seja para atleta ou para o clube. Os dois são ótimos profissionais”, disse em setembro Rodrigo Caetano, diretor do Atlético, em entrevista ao Canal do Nicola.

“Por enquanto permanecem conosco. Em algum momento essa rotatividade acontece. Nós tivemos a lesão do Savarino, então se abre mais uma oportunidade para Alan disputar ali com demais estrangeiros. Só não fizemos este movimento (negociação) realmente pois não teve nada que fosse melhor do que estar no Galo”, completou.

LEIA TAMBÉM: