Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Paralímpiadas Escolares: Sky fecha acordo de patrocínio para competição

Paralímpiadas Escolares voltam a ser realizadas em 2021

Carlos Lemes Jr
Colaborador do Torcedores.com.Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL.

Crédito: Prova de Natação durante as Paralímpíadas Escolares no CT Paralímpico, em São Paulo (Ale Cabral/CPB)

O Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e a SKY anunciam acordo de patrocínio para as Paralimpíadas Escolares 2021, projeto realizado pelo CPB e que serão realizadas de 23 a 26 de novembro, no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo. A competição não foi realizada em 2020.

“Segundo o IBGE, 23,9% da população brasileira possui algum tipo de deficiência. Na SKY, enxergamos como nosso papel trabalhar para inclusão desses mais de 45 milhões de brasileiros, por isso estamos muito satisfeitos com nossa parceria inédita às Paralimpíadas Escolares, que é uma oportunidade para tantos jovens atletas, que podem, a partir do evento, alçar voos ainda mais altos.”, explica Raphael Denadai, presidente da operadora.

A edição deste ano terá disputas de 13 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), bocha, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, parabadminton, parataekwondo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

Como novidade, o evento de 2021 contará com a estreia do parataekwondo. A modalidade estreou no programa dos Jogos Paralímpicos em Tóquio 2020 e o Brasil conquistou três medalhas: um ouro, uma prata e um bronze.

“É um orgulho e uma grande satisfação para o Movimento Paralímpico poder contar com a SKY nesta nossa missão de proporcionar a inclusão por meio do esporte a crianças e jovens com deficiência de todo o Brasil. As Paralimpíadas Escolares contribuem para dar qualidade de vida a jovens em idade escolar com deficiência em todo o país, em mais um projeto do CPB que abrange todo o território nacional.”, comemora Mizael Conrado, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro.

O estado de São Paulo venceu a edição de 2019 e se tornou o maior campeão da competição, com oito títulos (2006, 2009, 2011, 2015, 2016, 2017, 2018 e 2019).

LEIA TAMBÉM

Escola Paralímpica revela novos talentos

Rayssa Leal toma primeira dose da vacina contra covid-19 nos Estados Unidos: ‘Meu momento’

Vai dar Fadinha? Com Rayssa Leal e Pedro Barros, Oi STU Open Rio começa em dezembro e deixará legado

Rayssa Leal conhece parque temático de Harry Potter em Orlando; assista

Lesão de Neymar, limpa no Flamengo, Libertadores, morte de ex-São Paulo, jogador preso e mais: notícias do futebol em novembro

Flamengo no Brasileirão e Fiorentina no Italiano: onde assistir os principais jogos nesta terça-feira (30)

Mercado da Bola: Site crava saída de três jogadores do Palmeiras para a Europa

Mercado da bola: Goulart no Corinthians? Empresário e dirigente se manifestam sobre o acerto

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato