Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Vasco antecipa férias de Matías Galarza, que será “rebaixado” ao time sub-20 em 2022; entenda

Matías Galarza tem contrato válido com o clube carioca até dezembro de 2025

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Rafael Ribeiro/ Vasco

Antes de mais nada, Matías Galarza teve as férias antecipadas no Vasco. Com isso, o jovem paraguaio não irá atuar mais pelo clube nesta temporada. Ele, entretanto, está nos planos da diretoria para 2022.

O volante, que foi contratado no ano passado, disputou 36 partidas pelo clube. Após início arrasador, ele perdeu espaço no time e só reconquistou a titularidade na reta final da Série B do Campeonato Brasileiro.

No início da temporada, por exemplo, Matías Galarza ganhou chances com Marcelo Cabo após se destacar no time sub-20. Após a demissão do treinador, ele perdeu espaço com Fernando Diniz e só voltou a jogar duas vezes após a saída do ex-comandante do São Paulo.

Na volta das férias, o meio-campista voltará para as categorias de base do Vasco. A diretoria entende que o paraguaio será útil ao elenco na disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior, em janeiro, torneio que é considerado o mais importante da categoria no Brasil.

Porém, isso não quer dizer que Matías Galarza não atuará mais pelo profissional do Vasco. Muito pelo contrário. Internamente, há o consenso de que o jogador irá ganhar experiência e minutagem em campo durante a competição.

A ideia é mantê-lo em atividade no começo da temporada visando a disputa do Campeonato Carioca. Entretanto, o planejamento do jogador pode ser mudado caso o futuro treinador do Vasco queira contar com o paraguaio já no início da pré-temporada.

A carreira de Matías Galarza

Nascido em Assunção, no Paraguai, Matías Galarza Fonda surgiu para o futebol nas categorias de base do Olímpia. Desde novo, ele se destacava pela precisão nos passes, cruzamentos milimétricos e visão de jogo. Por isso, começou a ser convocado para as seleções de base do seu país.

Antes de se transferir para o Vasco, o meio-campista chegou a entrar no radar de importantes clubes do futebol sul-americano como Atlético Nacional, da Colômbia, Boca Juniors, da Argentina e Colo-Colo, do Chile.

No começo deste ano, o Vasco pagou US$ 500 mil (R$ 2,6 milhões, à época) para o volante ficar em definitivo no clube. Desde então, disputou 36 partidas, sendo 21 na Série B do Brasileirão, quatro na Copa do Brasil e 11 no Carioca. Além disso, fez três gols. 

LEIA MAIS: 

Brasileirão Série A 2021: confira a tabela completa do campeonato 

Brasileirão Série B 2021: confira a tabela completa do campeonato 

Vasco não renova empréstimo e devolve Walber ao Athletico Paranaense; saiba os detalhes 

Sem agradar no Vasco, Jhon Sánchez pode ser devolvido ao Independiente del Valle; entenda 

Germán Cano no Ceará? O que nós sabemos sobre o interesse do clube no atacante do Vasco 

Em busca de zagueiro, Fortaleza avalia contratação de jogador do Vasco para a próxima temporada 

Sheik diz se Renato Gaúcho tem capacidade de substituir Tite na seleção 

Libertadores 2021: 25 jogadores que podem ficar livres em 2022 

 Organização elege Lewandowski como melhor do mundo em 2021 

Palmeiras x Flamengo: final da Libertadores envolve os dois times mais caros do Brasil; confira