Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Presidente do Corinthians explica acordo com a Caixa para pagamento da Neo Química Arena

Acordo referente a dívida do estádio ainda não foi oficializado, mas situação está próxima de resolvida, conforme informação do Corinthians

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Divulgação / Daniel Augusto / Agência Corinthians

Além da dívida do clube, o Corinthians também tem uma pendência junto à Caixa Econômica Federal por conta da Neo Química Arena. E ao que tudo indica, nos próximos meses devemos ter uma definição nessa situação.

A informação repassada por Duilio Monteiro Alves em entrevista concedida nesta quarta-feira (12), é de que “existe um acordo verbal com a Caixa e um documento escrito de um pré-acordo, sendo finalizado. É difícil dar prazo, depende de várias situações, mas o principal, que é o acordo, de como será o formato, já está feito”.

“Trabalhamos nisso quase que diariamente, mas não depende só do Corinthians, isso envolve as três partes, um negócio muito grande, de altos valores e de um banco que não é privado. Tudo isso faz com que seja um processo mais demorado. Está bem encaminhado e esperamos comunicar a torcida o mais breve possível. Não temos nada na Justiça. Temos um tempo que hoje não é ruim, mas queremos resolver isso o quanto antes”, finalizou o presidente do clube.

Receitas da Neo Química Arena

Em relação a bilheteria dos jogos, Wesley Mello, diretor financeiro, deixou claro que as receita do estádio é para pagar os custos das partidas e a dívida com a Caixa. Porém, caso exista um excedente, esse valor pode ser utilizado internamente no Corinthians.

Já José Colagrossi, superintendente de marketing, comentou sobre planos futuros para novas receitas na Arena.

“A relação com a Neo Química é ótima. Temos uma relação muito proativa e fazemos muitas coisas boas. Vai ter show na Arena. É decisão do clube. Mas estamos discutindo várias questões. Podemos ter shows dentro do estádio, no estacionamento e até algo híbrido. Temos várias questões como o gramado, um dos melhores das Américas. Também temos que ver o calendário”, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Botafogo já sabe o que fazer com parte do investimento de John Textor na SAF; confira
Douglas Costa pede desculpas à torcida do Grêmio, reconhece erros e comunica decisão sobre o futuro
Diego Costa? Corinthians tem centroavante ‘plano B’ caso não chegue a acerto com atacante do Atlético-MG
Flamengo: Paulo Sousa promove “reunião particular” com Gabigol, Bruno Henrique e Pedro
Presidente do Corinthians confirma conversa com Cavani e afirma que clube busca por um 9 fora do Brasil
Sylvinho cogita escalar um Corinthians mais ofensivo em 2022
Corinthians detalha como foi possível contratar Willian e Paulinho
Corinthians confirma contratação de Bruno Melo e abre o jogo sobre a possível vinda de Ivan