Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Corinthians detalha como foi possível contratar Willian e Paulinho

Diretoria do Corinthians abriu o jogo sobre como viabilizou a chegada dos dois atletas em 2021

Flavio Souza
Desde 2006 escrevo sobre esportes em geral e participo do site Torcedores.com desde dezembro de 2018, onde exerço função de Colaborador Sênior.Atualmente meu foco é no futebol brasileiro e internacional, mas procuro falar sobre outras modalidades, como esportes olímpicos, por exemplo.Meu foco é trazer informações relevantes sobre os clubes fora de campo, como entrevistas, análises financeiras, desempenho das equipes em redes sociais e análises táticas.

Crédito: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Depois de passar um primeiro semestre sem contratações, o Corinthians trouxe reforços pontuais na reta final de 2021. E dois desses nomes só puderam chegar com auxílio de patrocinadores, conforme foi detalhado pelo clube nesta quarta-feira (12), em entrevista coletiva com participação do presidente Duilio Monteiro Alves, o Diretor Financeiro Wesley Mello e o superintendente de marketing José Colagrossi.

Colagrossi detalhou como os parceiros ajudaram na chegada de Willian e Paulinho, os últimos jogadores que chegaram ao clube no último ano.

“Procuramos alternativas com ajuda de patrocinadores. Conseguimos o Willian com 50% do seu salário pago pela Socios.com. Paulinho com geração de propriedades e conteúdo com a Taunsa, que vai pagar 100% do salário do atleta. Ninguém é irresponsável aqui. Tivemos um aumento da nossa receita em 50%, sem contar vendas de atletas. Por isso que hoje temos condições de contar com jogadores de peso. Isso nos permite sonhar com jogadores como Cavani, Suárez e Diego Costa.”

“Quando aparece oportunidade de trazer um grande nome, vemos se temos orçamento ou não. Não tendo, tentamos identificar o que é possível em termos de parceria comercial com patrocinadores existentes ou no mercado, para que possamos oferecer um projeto que envolva o Corinthians. Para que seja feito um aporte financeiro e isso possa viabilizar a chegada de grandes jogadores. Temos diversas conversas em aberto. Esse projeto continua. Sempre com disciplina fiscal e financeira e planejamento. Tenho certeza de que esse modelo será replicado para os próximos anos e será um exemplo para o futebol brasileiro.”, completou o dirigente.

Chegadas de Renato Augusto, Giuliano e Guedes ao Corinthians

Em relação aos três atletas a informação foi que o clube arca com os salários deles de forma integral. Esse fato foi explicado por Wesley Mello.

“As contratações do Renato Augusto, Giuliano e Guedes foram planejadas. Fizemos uma redução significativa para permitir contratações pontuais no segundo semestre. A redução do primeiro semestre nos permitiu essas contratações com dinheiro do Corinthians”, afirmou.

LEIA TAMBÉM:

Botafogo já sabe o que fazer com parte do investimento de John Textor na SAF; confira
Douglas Costa pede desculpas à torcida do Grêmio, reconhece erros e comunica decisão sobre o futuro
Diego Costa? Corinthians tem centroavante ‘plano B’ caso não chegue a acerto com atacante do Atlético-MG
Flamengo: Paulo Sousa promove “reunião particular” com Gabigol, Bruno Henrique e Pedro
Mercado da bola: Corinthians deve profissionalizar Pedro, jogador alvo do Palmeiras
Mercado da Bola: Ivan é liberado para fazer exames no Corinthians e deve ser anunciado como novo reforço
Presidente do Corinthians confirma conversa com Cavani e afirma que clube busca por um 9 fora do Brasil
Sylvinho cogita escalar um Corinthians mais ofensivo em 2022