O que esperar do Washington Football Team na temporada da NFL 2020?

Washington foi assunto na offseason, mas não deve chamar atenção na temporada 2020

Thais May Carvalho
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Geoff Burke/USA TODAY Sports

Durante a intertemporada, a equipe de Washington foi destaque por diversos motivos, menos pelo futebol americano em si. Desde fevereiro, a equipe da capital aposentou o nome Redskins, mudou de uniforme, o técnico Ron Rivera anunciou que tem câncer e Alex Smith foi liberado para jogar pelos médicos. Porém, dentro das quatro linhas, não se espera muito do Football Team, que deve ficar entre as piores equipes em 2020.

ATAQUE

Mesmo com a volta de Alex Smith aos gramados e a chegada de Kyle Allen dos Panthers, o QB titular de Washington será o segundo anista Dwayne Haskins. Em 2019 o jogador não foi bem, especialmente lançando de dentro do pocket e sob pressão. Sob o comando da nova comissão técnica, espera-se que Haskins consiga evoluir seu jogo, mas a missão não será nada fácil, pois o ataque do time da capital não tem grandes armas.

Na posição de RB, Adrian Peterson foi dispensado e Derrius Guice foi cortado por conta de problemas com a lei. Dessa forma, caberá ao calouro Antonio Gibson (que é um misto de RB e WR) carregar o piano. O grupo de recebedores, para além de Terry McLaurin, que foi uma boa surpresa em 2019, conta com Steve Sims, Trey Quinn, Kelvin Harmon, o novato Antonio Gandy-Golden e o TE Richard Rodgers. Já a linha ofensiva é considerada de mediana para boa, em especial com a chegada do calouro Saahdiq Charles. No entanto, o time perdeu Trent Williams, Donald Penn e Ereck Flowers.

Crédito foto: Patrick McDermott/Getty Images

DEFESA

Sem dúvida, a defesa foi o setor mais movimentado de Washington durante a intertemporada. Com a segunda escolha do draft, a equipe pegou o DE Chase Young, que se juntará a uma forte linha defensiva com Jon Allen, Da’Ron Payne, Matt Ioannidis, Montez Sweat e Ryan Kerrigan, que em 2019 botaram muita pressão nos quarterbacks adversários. Já o grupo de linebackers não é o dos mais fortes e tem muitos atletas jovens, mas conta com a chegada do veterano Thomas Davis Sr.

Na secundária, que não foi nada bem na última temporada, Washington cortou Josh Norman e Montae Nicholson, e ainda trocou Quinton Dunbar para Seattle. Para compensar, a equipe trouxe Kendall Fuller, Ronald Darby e Sean Davis, veteranos que já tiveram impacto na liga, mas que não estão mais no auge de suas carreiras.

Crédito foto: Jacob Kupferman/Getty Images

CALENDÁRIO

O calendário de Washington é considerado o 28° mais difícil este ano, ou seja, está entre os mais fáceis da liga. Porém, isso não significa que as coisas serão tranquilas, especialmente porque ele será um dos únicos 4 times a ter três partidas consecutivas fora de casa. Entre as semanas 12 e 14, a equipe viajará para Dallas, Pittsburgh e San Francisco, e depois ainda recebe os Seahawks. Já na semana 16 o confronto é contra Carolina, e Ron Rivera deve querer vencer seu ex-time. Levando tudo em consideração, o recorde de vitórias e derrotas de Washington deve ficar em torno de 4-12.

Leia mais:

O que esperar do Philadelphia Eagles na temporada da NFL 2020?

O que esperar do Dallas Cowboys na temporada da NFL 2020?

O que esperar do New York Giants na temporada da NFL 2020?