Tony Ferguson dispara contra imprensa e a acusa de ‘favorecer’ McGregor

Americano que luta no UFC 256 se revolta com falta de apoio por chance de lutar por cinturão

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divugação/Twitter Oficial do UFC

Tony Ferguson tentará contra Charles do Bronx neste sábado (12) no UFC 256 voltar a brigar pelo cinturão dos leves do Ultimate. Mas para ‘El Cucuy’ o ‘title shot’ já deveria ser algo garantido por causa de todo o seu trabalho na organização.

O americano deu entrevista ao jornalista Aaron Bronsteter e disparou principalmente contra a imprensa especializada em MMA, a acusando de ser tendenciosa em favor de lutadores como Conor McGregor e por não pedir ao Ultimate que o dê a luta para tentar o título da categoria até 70kg.

“Cadê o meu title shot? Onde estão as coisas que me disseram que eu merecia? Nunca me deram nada, sempre tive que lutar para conquistá-las, e eu as conquistei com minhas vitórias. Mas ninguém fala disso porque são todos pagos pelo Conor. Não querem falar por mim e dizer ‘por que o Tony não luta pelo cinturão?’. Todo dia vocês falam com o Dana White e nada. Me assistiram me f*** com meus antigos agentes, estão me vendo salvar o evento e lutar pelos fãs para depois me encher o saco sobre o porquê de não ter vencido?”, disparou Ferguson.

Na divisão dos leves, Khabib Nurmagomedov anunciou sua aposentadoria, mas Dana White não quer retirar-lhe o cinturão, tentando o convencer de voltar a lutar por mais uma vez. Enquanto isso, Conor McGregor enfrentará Dustin Poirier na luta que pode definir, se não campeão, um possível desafiante ao título da categoria das 155 libras. E a chegada de Michael Chandler, vindo do Bellator, pode colocar ainda mais dificuldades para ‘El Cucuy’.

“Gostaria que vocês parassem de puxar o saco do Conor toda hora. Vamos falar a real: desde quando que ele não luta? Vocês reclamam que este evento não tem nomes porque o que vocês querem não está lutando. Vocês só veem o Conor e não dão chances para caras como eu ou Charles do Bronx. Falam de Michael Chandler mas o que ele fez pelo UFC até agora? E agora colocam ele entre os melhores do ranking? Vão à m***”, criticou.

LEIA MAIS

Tony Ferguson detona McGregor em entrevista: “Ele me deve US$ 500 mil”

UFC 256: Com pesagem 100% ‘perfeita’, Deiveson confirma luta por cinturão

(Crédito da foto: Divugação/Twitter Oficial do UFC)