Jogadores da Argentina se revoltam com Copa América no Brasil e ameaçam boicote

Inicialmente a competição seria disputada na Argentina, em conjunto com a Colômbia, mas ambos países desistiram

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Alexandre Schneider/Getty Images

Nenhum jogador da seleção da Argentina se manifestou publicamente sobre a decisão da Conmebol em colocar a Copa América de 2021 para ser disputada no Brasil, mas internamente o clima não é dos melhores. Segundo à ESPN Brasil, os atletas argentinos ficaram transtornados com a mudança, A ponto de alguns tentarem até um boicote ao torneio.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

Marcos ironiza críticas por Copa América no Brasil: “Com transmissão do SBT não pode”

De acordo com a publicação, a indignação dos jogadores argentinos, no entanto, é com a AFA (Associação de Futebol Argentino) e com o governo do país, que abriu mão de sediar a competição por conta do aumento de casos de covid-19 – ou seja, a medida é para minimizar as chances de contágio.

Em desacordo com decisão, jogadores do time albiceleste ligaram para colegas de outras seleções em busca de um ato conjunto para decidirem não jogar esta edição da Copa América.

Ainda segundo à ESPN Brasil, a irritação dos jogadores argentinos tem ao menos duas motivações principais: a chance de quebrar o longo jejum sem título e conseguir esse feitos em casa. Vale lembrar que o último título da Argentina foi o da Copa América de 1993 e desde então mesmo com grandes estrelas e com a presença de Lionel Messi no elenco atual, o país nunca mais soltou o grito de ‘campeão’.

COPA AMÉRICA NO BRASIL:

No início de segunda-feira, a Conmebol anunciou que o Brasil sediaria pela segunda vez consecutiva a Copa América após a desistência da Argentina e da Colômbia – vale lembrar que o país foi sede do torneio em 2019, quando bateu o Peru na decisão e conquistou o título. A entidade ainda agradeceu ao presidente da República, Jair Bolsonaro pela ‘acolhida’.

Galvão Bueno cobra ‘crise de bom senso’ sobre Copa América no Brasil: “A terceira onda da covid-19 está batendo à porta”

“O Brasil receberá a CONMEBOL Copa América 2021! O melhor futebol do mundo levará alegria e paixão a milhões de sul-americanos. A CONMEBOL agradece ao presidente Jair Bolsonaro e sua equipe, assim como à Confederação Brasileira de Futebol, por abrir as portas do país ao que hoje em dia é o evento esportivo mais seguro do mundo. A América do Sul brilhará no Brasil com todas suas estrelas!”, anunciou a entidade.

Ainda na segunda, já no início da noite, o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou que ainda não há confirmação de que o Brasil sediará esta edição da Copa América. “Ainda não tem nada certo, quero pontuar de forma bem clara. Estamos no meio do processo. Mas não vamos nos furtar a uma demanda, caso seja possível atender”, disse o político, em entrevista no Palácio do Planalto.

LEIA MAIS:
Quais seleções vão disputar a Copa América 2021 que vai acontecer no Brasil?
Mourão não vê problemas com Copa América no Brasil: “Só dividir bem essas sedes”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes