Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Cristiano Ronaldo dá show e United goleia Newcastle no Old Trafford

Cristiano Ronaldo marcou dois gols em seu retorno ao Manchester United na vitória contra o Newcastle que foi construída com gols portugueses e com Lingard

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Divulgação / Manchester United

Manchester United Manchester United 4-1 Newcastle United Newcastle
Premier League - 4ª Rodada

Com dois gols na estreia, Cristiano Ronaldo se consagrou neste sábado (11) ao ser fundamental na vitória do Manchester United contra o Newcastle por 4 a 1 no Old Trafford.

O Newcastle dificultou bem a tarefa dos Red Devils durante o primeiro tempo com uma organização tática defensiva bem postada, tirando espaços para os jogadores. No entanto, CR7 estava inspirado e colecionou chances até finalmente conseguir aproveitar um rebote no fim do 1º tempo, marcando seu primeiro gol pelo United desde 2009.

Logo no início da segunda etapa, o Newcastle empatou com Manquillo em jogada de contra-ataque. Porém, a situação logo foi revertida a favor do United novamente graças à Cristiano Ronaldo que aproveitou grande jogada de Luke Shaw e marcou seu segundo gol na partida.

Para encaminhar a vitória com gosto português, Bruno Fernandes marcou um golaço de fora da área no ângulo, deixando o goleiro adversário sem chances de defesa. Lingard fechou a goleada nos acréscimos.

O Manchester United voltará a campo nesta terça-feira (14), em jogo fora de casa contra o Young Boys válido pela fase de grupos da UEFA Champions League, a partir das 13h45 pelo horário de Brasília. Na Premier League, o próximo duelo será contra o West Ham (19/09, 10h). O Newcastle voltará a campo contra o Leeds (17/09, 16h).

Primeiro tempo

O Manchester United entrou pressionando desde o início enfrentando um Newcastle que se posicionou defensivamente no 5-4-1 e 4-4-2 com linhas baixas de marcação, tentando aproveitar os contragolpes principalmente pela esquerda.

Mas todas as atenções estavam mesmo em Cristiano Ronaldo, desde a sua primeira dividida em campo, aos dois minutos de jogo, levando a torcida dos Red Devils ao delírio no Old Trafford.

Aos 4′, Pogba tomou a bola no meio-campo e tentou acionar CR7 pelo lado direito na região da grande área. O artilheiro dominou, mas falhou totalmente a conclusão e furou a bola, rindo com a reação da torcida que seguiu demonstrando apoio.

O Newcastle tentou responder bem aos 6′ com Ritchie enfiando na medida para Satin-Maximin na esquerda, deixando para Joelinton. No entanto, acabou sendo desarmado e desperdiçou uma boa chance.

Na tentativa de armar o contra-ataque, Pogba foi interceptado por Almiron e uma nova oportunidade surgiu para o Newcastle. No meio-campo, o lançamento em profundidade, mas Willock não conseguiu alcançar.

Os Red Devils chegaram mais perto do gol aos 19′. Luke Shhaw cobrou escanteio pelo lado esquerdo e cruzou na medida para Varane dentro da área cabecear firme, totalmente livre de marcação. A bola passou muito perto da trave, deixando o goleiro “vendido” no lance.

Aos 22′, Cristiano Ronaldo tentou experimentar na entrada da área após receber de Pogba, mas foi bloqueado. O lance originou contra-ataque que terminou no chute de Richie pegando de primeira o desvio, exigindo defesa de David De Gea que estava atento no lance.

Em nova chance dos visitantes,  Saint-Maximin passou por Wan-Bissaka e fez a jogada individual pelo lado direito cruzando rasteiro para a pequena área onde Joelinton estava pronto para concluir. Desta vez, Luke Shaw foi o responsável por afastar o perigo.

Cristiano Ronaldo estava afim de jogo e novamente apareceu com chances aos 30 minutos de jogo. CR7 cortou para dentro pela esquerda e escorou buscando Bruno Fernandes. Na tentativa, Sancho não aproveitou o cruzamento e desperdiçou.

Novas chances surgiram a partir dos 37′. A cobrança de escanteio do United originou contra-ataque do Newcastle. Wan-Bissaka percorreu o campo pela direita diante de três marcadores, mas Almiron não conseguiu aproveitar a chance na infiltração e desperdiçou.

Em seguida, os Red Devils construíram uma nova chance na contra-ataque. Cristiano Ronaldo foi acionado pela direita e tentou driblar os marcadores, mas foi desarmado por Clarck. Bruno Fernandes retomou a bola para o United e cruzou na pequena área buscando Greenwood. A bola saiu por muito pouco.

Estava funcionando muito bem a estratégia do Newcasle de manter os blocos compactos no próprio campo, tentando anular os Red Devils. Entretanto, a defesa acabou sendo vazada aos 42 minutos, e o momento mais esperado do jogo aconteceu.

Greenwood cortou de dentro pela direita e bateu por baixo, surpreendendo o goleiro Woodman que deu rebote. Mas ele estava no lugar certo, no momento certo: Cristiano Ronaldo apareceu livre dentro da área e com um leve toque aproveitou a chance. Oportunista, marcou o seu primeiro gol pelo Manchester United em 12 anos.

 

Segundo tempo

O Newcastle precisava reagir no segundo tempo para tentar mudar o cenário do jogo e ao mesmo pensar em meios de conseguir um empate no Old Trafford.

Os Red Devils seguiram tentando manter o mesmo ritmo do primeiro tempo, mas o Newcastle conseguiu aplicar sua estratégia defensiva e conseguiu empatar aos 5′ do segundo tempo em contragolpe fatal, onde desta vez a transição defensiva do United não conseguiu conter.

Almiron foi o responsável por armar a jogada em velocidade pelo meio, percorrendo o campo inteiro. Saint-Maximin foi acionado deixando Varane no chão para cruzar e Manquillo receber com espaço na área restando apenas concluir e bater firme para empatar.

Porém, infelizmente para o torcedor do Newcastle, CR7 estava inspirado. Aos 17′, uma grande jogada de Luke Shaw pelo meio armou a jogada em velocidade enfiando a bola no meio de dois marcadores para Cristiano Ronaldo receber nas costas de Willock e Hayden pelo lado esquerdo. Mesmo com pouco ângulo, bateu no canto do goleiro Woodman e marcou o segundo.

Os visitantes seguiram com a missão de tentar estragar a festa no Old Trafford. Em lance de perigo aos 22”, Joelinton tabelou com Ritchie pelo lado esquerdo e recebeu cruzamento na entrada da área com liberdade. Na finalização, exigiu ótima defesa de De Gea que espalmou com uma das mãos.

Tentando responder na roubada de bola, Willock aproveitou o erro de Matic no meio-campo e tentou armar um novo contragolpe. O cruzamento saiu na medida, mas Harry Maguire estava no ponto certo para evitar o chute de Joelinton dentro da área. Mas não tinha jeito, a tarde era de festa no Old Trafford.

Para definir o placar restava um golaço, e ele veio com outro português. Aos 35′ do segundo tempo, Greenwood tentou aproveitar contra-ataque mas não achou espaços. O jovem acionou Pogba que deixou para Bruno Fernandes ajeitar na entrada da área e acertar o ângulo superior direito em chute firme, deixando Woodman sem nenhuma chance de defesa.

A festa não estaria completa se não fosse uma goleada. Nos acréscimos, uma troca de passes intensa na grande área terminou em Pogba deixando para Almiron, que acionou Martial e entrou para Lingard na infiltração, fechando a vitória em 4 a 1.

 

FICHA TÉCNICA
MANCHESTER UNITED 4-1 NEWCASTLE

Data: 11/09/2021, 11:00
Estádio:  Old Trafford
Árbitro: Anthony Taylor

Gols: 1T 42′ Cristiano Ronaldo (Man.United); 2T 11′ Manquillo (Newcastle); 2T 17′ Cristiano Ronaldo (Man.United); 35′ Bruno Fernnandes (Man.United); 2T 47′ Lingard (Man.United)

Substituições – Man.United: Lingard (Sancho); Martial (Bruno Fernandes); van de Beek (Greenwood)

Substituições – Newcastle: Murphy (Manquillo); Jamal Lewis (Clark); Hendrick (Willock)

Manchester United (4-2-3-1): David de Gea; Aaron Wan-Bissaka, Raphael Varane, Harry Maguire, Luke Shaw; Paul Pogba, Nemanja Matic; Mason Greenwood, Bruno Fernandes, Jadon Sancho; Cristiano Ronaldo.

Newcastle (3-5-2): Freddy Woodman; Javier Manquillo, Isaac Hayden, Jamaal Lascelles, Ciaran Clark, Matt Ritchie; Joe Willock, Sean Longstaff, Miguel Almiron; Joelinton, Allan Saint-Maximin.

 

LEIA TAMBÉM

FIFA libera e brasileiros poderão jogar rodada da Premier League

Quantos jogos Daniel Alves fez no Brasileirão pelo São Paulo? Ele pode ser negociado com times brasileiros?

Especulado por gigantes brasileiros, Cavani é visto como possível problema no United

Neto aponta dois clubes brasileiros em que Felipe Melo poderia dar certo: “Não é mais importante ao Palmeiras”

Ex-repórter da Globo revela treta com Muricy: “Quase fui demitido”

Galvão critica Neymar e faz comparação com Messi: “Apanha tanto quanto ele”

Que pontaria! Brasileirão tem time com 10 gols de fora da área no 1º turno

Casagrande critica Neymar: “Não é esse jogador que precisamos para a Copa”