Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Equipe afasta Jon Jones após polêmicas: “Ele não tem permissão para entrar na academia”

Preso acusado de agredir a noiva, ‘Bones’ se defendeu das acusações nas redes sociais

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodução/Facebook Oficial UFC

Jon Jones está fora da Jackson-Wink MMA. Um dos líderes da academia, a qual o ex-campeão dos meio-pesados do UFC defendeu durante toda a carreira, revelou o afastamento do lutador das atividades dentro da equipe depois da polêmica prisão de ‘Bones’ sob a acusação de violência doméstica.

Mike Winkeljohn disse em entrevista ao The MMAHour que teve uma conversa com Jones sobre o assunto e o informou de seu afastamento da academia. Ele poderá ter a presença de treinadores do time para trabalhar em sua residência, mas só poderá voltar a se integrar de vez ao time se conseguir parar de beber,

“Tive uma conversa com o Jon e disse que ele deveria parar de beber e ir consertar essas coisas por um tempo até ele poder voltar para a academia. Então, por enquanto, ele está fora da academia, ele não tem permissão para entrar”, disse Winkeljohn, que também aproveitou para criticar o círculo de amizades do agora, ao menos temporariamente, ex-pupilo.

“Senti que eu tinha que fazer isso, porque se eu ficar parado e ignorar isso, esperando que as coisas mudem, não vai dar certo. Jon tem a seu redor um monte de gente que fica puxando seu saco e não lhe falam a verdade. Ele pode me odiar por isso, mas sempre lhe direi a verdade. Estou muito desapontado, é duro isso”, completou.

Jon Jones foi preso em Las Vegas acusado de agredir Jessie Moses, sua noiva e mãe das três filhas do lutador do UFC, além de atacar um carro da polícia. ‘Bones’ já está solto, mas deve ficar afastado da atividades do time por enquanto.

Lutador se defende de acusação: “Amo como as pessoas estão imaginando a pior situação”

Nas redes sociais, Jon Jones deu sua primeira declaração em forma de responder diretamente às acusações. No Twitter, ‘Bones’ negou ter agredido Jessie Moses e acusou a imprensa de estar criando uma situação ‘pior possível’ em relação ao que aconteceu no quarto de hotel onde o caso aconteceu

“Amo quando as pessoas imaginam a pior situação possível e estão a tornando real. Nunca bati na minha noiva e minhas filhas acordaram depois de nossa discussão. Elas não ouviram ou viram a nossa discussão”, respondeu o ex-campeão.

LEIA TAMBÉM

São Paulo terá economia com troca de Crespo por Ceni; veja valores

Ronaldo surpreende e indica o seu favorito para levar Bola de Ouro: “Melhor atacante”

Rivaldo vê situação de Neymar semelhante com outros 2 craques do Brasil

Flamengo se pronuncia sobre suposto incentivo de dinheiro no Brasileirão

Tite fala da importância de Neymar para seleção e defende camisa 10 de críticas: “Temos que respeitar o sentimento de cada um”

Fifa pede quantia astronômica e EA Sports pode decretar mudança na franquia de futebol

Jon Jones se pronuncia pela primeira vez após prisão
Lenda do UFC é presa nos EUA acusada de violência doméstica

Mais um! Lutador do UFC é preso acusado de agressão a mulheres

As melhores notícias de esportes, direto para você