Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

NBA: Mesmo sem LeBron, Lakers arrancam vitória contra Spurs na prorrogação

Anthony Davis e Russell Westbrook combinaram para 68 pontos na segunda vitória da equipe de Los Angeles na temporada

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Crédito: Crédito: Divulgação / Instagram @lakers

Foi um jogaço de basquete no Texas! Na prorrogação, o Los Angeles Lakers bateu o San Antonio Spurs por 125 a 121, fora de casa. Com isso, a equipe conquistou a segunda vitória em quatro jogos na temporada regular da NBA. Já os mandantes amargaram a terceira derrota seguida, após triunfar na estreia. Anthony Davis, com 38 pontos, e Russell Westbrook, com 33, comandaram a vitória. Vale dizer que o time de LA chegou a estar 12 pontos atrás no início do último quarto.

Já os Spurs tiveram uma boa atuação coletiva, mas erraram em momentos determinantes do último quarto e tempo-extra. Dejounte Murray foi destaque do time texano com um triplo-duplo anotado.

LeBron James poupado

Com dores no tornozelo, o astro do Los Angeles Lakers assistiu o duelo desta terça-feira das arquibancadas. LeBron sentiu o problema físico na última partida, contra o Memphis Grizzlies. Sendo assim, foi poupado diante dos Spurs, já que nesta quarta (27) os Lakers voltam à ação diante do Oklahoma City Thunder. Com James no banco, Malik Monk foi para a quadra ao lado de Russel Westbrook, Kent Bazemore, Anthony Davis e DeAndre Jordan. Já os Spurs, de Gregg Popovich, entraram com o quinteto titular formado por Doug McDermott, Keldon Johnson, Jakob Poetlt, Derrick White e Dejounte Murray.

Primeiro quarto de San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers (29 x 27)

Diante de sua torcida, os Spurs começaram mal a partida. Insistindo nas bolas de três, encontraram o aro em diversas oportunidades e, dessa forma, viram os Lakers abrirem 17 a 9. No entanto, com o desenrolar do jogo, a equipe visitante (pela primeira vez atuando fora de casa na temporada) começou a exagerar nos turnovers – e arremessos errados. Mais consciente no ataque, o time texano conseguiu rodar melhor a bola e encontrar duelos mais vantajosos. Com isso, virou a contagem para terminar o primeiro quarto à frente.

Segundo quarto de San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers (62 x 61)

O segundo quarto foi marcado, novamente, por muito equilíbrio. Comandados por Westbrook e Anthony Davis, os Lakers recuperaram a vantagem e sempre estiveram à frente do placar, mas sem conseguir desgarrar. Do lado texano, Dejounte Murray liderou San Antonio em pontos, na primeira metade, com 13. De tanto insistir, enfim, na última jogada do quarto, os Spurs conseguiram tomar a dianteira. Lonnie Walker IV aproveitou lance confuso e, praticamente no estouro do cronômetro, matou da linha de três.

Terceiro quarto de San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers (97 x 85)

A terceira parcial do confronto foi mais elétrica. Isso porque Spurs e Lakers ficaram se alternando na liderança logo no início do quarto. Abusando dos pontos dentro do garrafão, como de costume, o time da casa começou a ser mais eficiente nos arremessos. Além disso, liderou nos rebotes e assistências a todo tempo, demonstrando um jogo coletivo mais afiado. Os Lakers, por outro lado, mostraram dificuldades na defesa. Para piorar, o aproveitamento de Westbrook e Davis teve queda vertiginosa. Sendo assim, na parte final do quarto, os Spurs engataram uma sequência de 18 a 3. Dessa forma, encerraram o período com a maior liderança de todo o duelo até aquele momento: 12 pontos.

Último quarto de San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers (114 x 114)

No entanto, a resposta dos Lakers não tardou a chegar. Com uma parcial de 15 a 4 no início do último quarto, a equipe visitante enconstou novamente no placar. Anthony Davis, o comandante da recuperação, matou um arremesso de dois para virar o marcador a favor de LA, em 102 a 101. Contudo, na bola, seguinte, Devin Vassel, que fez um ótimo jogo, acertou um tiro de três e recolocou San Antonio à frente no duelo.

Os último seis minutos da partida foram, então, bastante nervosos. Westbrook, com cinco pontos seguidos (incluindo uma rara bola tripla convertida) afirmou sua boa atuação na noite desta terça. Ligeiramente abalados com o desperdício da vantagem, os Spurs erraram TODOS os sete lances livres tentados no último quarto. Ainda assim, o time conseguiu se manter vivo. Poeltl, com 11 acertos em 15 arremessos de quadra, e Dejounte Murray, com um triplo-duplo já a esta altura, foram os grandes responsáveis pela sobrevida dos Spurs.

Ainda antes do fim, Anthony Davis caiu na quadra após chocar seu joelho com um adversário. Fora o susto, o camisa 23 se levantou e terminou o duelo. Malik Monk acertou um arremesso triplo de muito longe e colocou os Lakers à frente por 114 a 112 (lance abaixo), mas o time da casa buscou o empate. Com o placar empatado em 114 a 114, Murray teve a última bola da partida, porém acabou carimbando o aro numa tentativa de dois pontos.

Prorrogação de San Antonio Spurs x Los Angeles Lakers

Russell Westbrook foi o grande nome do início do tempo-extra. O camisa zero dos Lakers matou uma bela bandeja de costas, além de uma cravada violenta e outra cesta determinante no minuto final. Sempre na dianteira, o time de Los Angeles chegou a sofrer o empate por 121 a 121, mas anotou quatro ponts seguidos e sacramentou a vitória por 125 a 121. Um duelo, simplesmente, fantástico no Texas.

Anthony Davis terminou a partida como cestinha, com 35 pontos, dois a mais que Wetbrook. Pelo lado dos Spurs, Poeltl marcou 27. Dejounte Murray também foi destaque com um triplo -duplo de 21 pontos, 15 assistências e 12 rebotes.

LEIA MAIS:

Com direito a entrada triunfal, Shaquille O’Neal entrega troféus no GP Estados Unidos 2021 e rouba a cena

Ex-jogador de futebol americano morre aos 41 anos vítima de Covid-19

Treinador dos Seahawks se rende a Russell Wilson: “Não estaria aqui se não fosse por ele”

NFL: MVP do Super Bowl, Joe Flacco volta ao antigo time após troca repentina

Palmeiras? Flamengo? Atlético-MG? Veja a lista dos times que mais venceram de virada na era dos pontos corridos do Brasileirão

Renato Gaúcho demitido? Flamengo toma decisão diante de cenário de críticas e pressão

Time da Série A se aproxima de ser vendido para bilionário e deve virar clube empresa em 2022

Brasileirão: surpresa entre os líderes e Santos afundado no Z4; confira classificação do returno