Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Amigo de Vidal, Valdivia revela quando chileno deve jogar no Flamengo

Flamengo “namora” com o volante Arturo Vidal há algumas temporadas e torcedores pedem a contratação

Marcel Rauen
Jornalista e assessor de imprensa

Crédito: Reprodução/Twitter

Terminada a temporada 2021 – o clube ainda vai jogar mais três duelos no Brasileirão, mas já não pode mais conquistar o título -, o Flamengo já começa a se planejar para o próximo ano e novamente o nome do meio-campista Arturo Vidal aparece relacionado ao clube.

Em entrevista ao “ESPN.com.br”, o meia Valdivia, ex-Palmeiras e companheiro de Vidal na seleção chilena por muitos anos, falou sobre a chance do volante atuar pelo Flamengo, mas para a tristeza dos flamenguistas esse dia ainda deve demorar bastante.

Ele sempre aparece com a camisa do Flamengo, fala que quer jogar. Mas ele fala muito. Se quer jogar, tem que sair de lá (Inter de Milão), o que vai ser difícil. E depois ele falou que quer jogar no América do México, no Colo-Colo, no time que ele tem aqui. Então, ele tem três ou quatro clubes para jogar“, disse o Mago.

Mas, por enquanto, deixa ele na Itália, porque ele ainda tem muito a jogar, acredito que tenha ainda, pelo que conheço dele, vai demorar para sair da Europa. Se o Flamengo quer que o Vidal jogue no Flamengo, vai ter que ser daqui uns cinco, seis anos”, completou.

Vidal tem contrato com a Inter de Milão até junho de 2022 e, aos 34 anos, ainda não definiu o clube que vai defender na sequência – pode também renovar com o time italiano.

Valdivia anuncia novo clube

O meia chileno anunciou nas redes sociais que vai defender o Necaxa, do México, na próxima temporada.

Ao fechar assinar com o Necaxa, Valdivia atuará em seu terceiro clube no México. No país, o chileno também acumula passagens por Morelia e Mazatlán.

Em outubro, enquanto estava sem clube, Valdivia chegou a iniciar em nova profissão. Através de sua conta no Instagram, o ex-camisa 10 do Palmeiras fez parte da equipe de esportes da ESPN Chile, onde exerceu a função de comentarista.

LEIA TAMBÉM:

Carvalhal no Flamengo, trio do Palmeiras na Europa, medalhão no Corinthians, pacotão no Vasco: as últimas do mercado da bola

Ronaldo lembra 7×1 e diz que Galvão Bueno “não para de falar”

Neto surpreende e crava clubes que irão dominar o futebol brasileiro

Cuca entra em ranking de técnicos com mais títulos do Brasileirão; lista