Home Outros Esportes Quem é Bol Bol, filho do jogador mais alto da história da NBA

Quem é Bol Bol, filho do jogador mais alto da história da NBA

Aos 22 anos, pivô do Denver Nuggets tenta seguir os passos do pai na NBA

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, Fórmula 1, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Elsa / Getty Images

PUBLICIDADE

Bol Manute Bol possui, certamente, um dos nomes mais carismáticos de toda a NBA. O que muitos podem não saber, contudo, é que o jovem de 22 anos é filho de um jogador bastante folclórico na história da Liga: Manute Bol.

O pai de Bol Bol foi, simplesmente, o atleta mais alto a já atuar no basquete profissional estadunidense. Com incríveis 2,31 m, o sudanês vestiu as camisas de Washington Bullets, Golden State Warriors, Philadelphia 76ers e Miami Heat, entre 1985 e 1995. Em 2010, ele faleceu aos 47 anos devido a uma grave doença renal.

Enfim, agora é a vez do filho de Manute se aventurar na NBA. O pivô, que é um pouco mais baixo que o pai (2,18 m), pertence aos Nuggets e já está em sua terceira temporada na Liga. Bol Bol, na verdade, foi draftado pelo Heat, mas acabou trocado com Denver. Ele fez sua estreia pela equipe da Conferência Oeste em agosto do ano passado, quando o campeonato estava sendo disputado na ‘bolha’ em virtude da Covid-19.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Bol Bol: do Sudão para a NBA

Bol Manute Bol, que tem este nome em homenagem ao bisavô, nasceu em 16 de novembro de 1999, no Sudão. No entanto, logo aos dois anos de idade, ele se mudou para Connecticut com seus pais, que se tornaram refugiados políticos do país africano.

Aos quatro anos, Bol Bol começou a jogar basquete, incentivado pelo pai. Na 7ª série, já tinha 1,96 m de altura. Daí em diante, ele rodou por diversos colégios antes de entrar na Universidade do Oregon como calouro da temporada 2018-19.

Seu bom desempenho o fez ser considerado um dos melhores prospectos do Draft da NBA. Bol Bol, aliás, foi projetado como terceira escolha, atrás somente de Zion Williamson e RJ Barrett. Entretanto, uma lesão no pé esquerdo tirou o pivô de ação em grande parte da temporada por Oregon.

Sendo assim, o sudanês acabou sendo somente a 44ª escolha, feita pelo Miami Heat. Imediatamente, contudo, Bol Bol foi mandado para o Denver Nuggets, onde se encontra até hoje.

PUBLICIDADE

Médias na temporada e carreira

Jogador de extremo atleticismo, Bol Bol surpreende por, também, já ter mostrado algum sucesso nos arremessos de longa distância. Ainda assim, são poucos minutos para o pivô desde que chegou as Nuggets. Na verdade, ele já disputou, oficialmente, 50 partidas na NBA — mas somente 11 de 33 nesta temporada.

Bol Bol acumula médias de 1,4 pontos, 1,3 rebotes e 0,4 assistências até aqui. Na carreira, os números de pontuação do jovem jogador, ao menos, são um pouco melhores: 2,5 por partida. Marca semelhante, aliás, a do pai na NBA.

Manute Bol teve média na carreira de 2,6 pontos por jogo. No entanto, o ‘gigante’ se notabilizava por seus atributos defensivos e, inclusive, tem mais tocos computados do que pontos na NBA (2086 a 1599). Ou seja, uma média de 3,3 rejeições por duelo. Era difícil superar o enorme pivô dentro do garrafão…

Enfim, o filho de Manute não apresenta as mesmas qualidades em tocos (média de 0,4 por jogo), mas compensa a ‘falta’ de 13 centímetros com um aproveitamento melhor que o do pai nos arremessos, principalmente nas bolas de três. Com 22 anos de idade, ainda, espera-se que o pivô dos Nuggets siga evoluindo para, quem sabe, poder alcançar a longevidade do pai no basquete dos Estados Unidos.

PUBLICIDADE

LEIA MAIS:

NBA: Russell Westbrook chega ao 400º jogo seguido cometendo turnovers

NBA: Veja a cesta que fez Steph Curry quebrar o recorde de bolas de 3

NBA: Damian Lillard faz post criticando jornalista da ESPN por matéria: “Fofoca”

NBA: Técnico dos Knicks é flagrado em quadra xingando arbitragem

PUBLICIDADE

Mercado da bola: Atacante do Flamengo entra na mira do Monaco

Vai pra onde? Dirigente do Sport indica futuro de Diego Souza

Globo acerta com FPF e Premiere exibirá Paulistão em 2022

Três gigantes do Brasil querem Coutinho, Podolski na Série A e chapéu do Inter no São Paulo: as notícias do futebol

PUBLICIDADE