Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Renato Gaúcho deixou Flamengo sem receber cifras expressivas; entenda

Rubro-negro optou por rescindir contrato de Renato Gaúcho antes mesmo do término previsto

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Alexandre Vidal / Divulgação / Flamengo

A derrota amarga na final da Libertadores diante do Palmeiras foi o estopim para o Flamengo desligar Renato Portaluppi do comando técnico da equipe. Em pouco mais de quatro meses de trabalho, o treinador disputou três competições distintas pelo clube carioca e não faturou nenhum título. O desempenho acabou impactando na falta de bonificações.

De acordo com o jornal “Extra”, se tivesse conquistado os três torneios que disputou à frente do Flamengo, Renato teria embolsado, somente em premiações, mais do que os salários dos meses de trabalho exercidos no clube. As conquistas de Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores renderiam cifras altíssimas para o treinador.

Apesar de ter efetuado um contrato prevendo valores bases menores do que vinha recebendo na equipe do Grêmio, Renato Gaúcho fechou um acordo apontando compensação financeira alta como forma de premiação em casos de títulos.

Entretanto, com o vínculo rescindido antes mesmo do fim previsto, Portaluppi não embolsará nenhum valor de multa rescisória, e apenas assinará o contrato que prevê desfecho de sua trajetória no clube.

NÚMEROS

Apesar de um início animador, onde emplacou uma série invicta e de apresentações com goleadas, Renato Gaúcho acumulou alguns tropeços expressivos no Flamengo, como por exemplo algumas “escorregadas” que minaram a corrida pelo título do Brasileirão, e as derrocadas na Copa do Brasil, diante do Athletico, e Libertadores, contra o Palmeiras.

Em termos de números, o índice foi longe de ser ruim: 24 vitórias, oito empates e apenas cinco derrotas, um aproveitamento de 74%.

LEIA TAMBÉM: 

Vampeta dispara sobre polêmica de Renato no Flamengo: “Se isso for verdade, tinha que demitir no dia seguinte”

Organizada do Flamengo conversa com Andreas Pereira após falha na Libertadores; jogador já definiu futuro

Novo técnico do Flamengo, futuro de Abel encaminhado, sondagem por Gabigol, ‘novela Goulart’ e mais: as últimas do futebol

Jesus ou Gallardo no Flamengo, Renato Gaúcho em novo clube e mais; o mercado da bola dos técnicos

Atlético-MG há 50 anos e mais: confira os maiores jejuns do Brasileirão

Vampeta projeta fortuna de Renato Gaúcho: “Certeza absoluta”

Tribunal do RJ decide por anular assembleia que elegeu Caboclo na CBF