Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Balanço do dia: futebol decepciona, mas medalha e vôlei empolgam

Seleção feminina do futebol ficou pelo caminho ao perder nos pênaltis. Na contramão, times do vôlei e boxeador comemoraram nas Olimpíadas

Wemerson Ribeiro
Formado em Jornalismo pela Universidade Anhembi Morumbi, com passagem pelo Portal R7, como estagiário, na editoria de Esportes.

Crédito: Montagem / Sam Robles / CBF e Gaspar Nóbrega / COB

O dia do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio foi marcado por altos e baixos, nesta sexta-feira (30). Enquanto os times do vôlei comemoraram suas vitórias e mais uma medalha foi garantida para o país, no boxe, as mulheres do futebol foram eliminadas ainda no começo da manhã. Confira o resumo:

Olimpíadas de Tóquio 2020: Confira o quadro de medalhas completo

Decepção no futebol

A seleção brasileira foi eliminada na categoria feminina diante do Canadá, em disputa por pênaltis após empate sem gols. A atuação abaixo do esperado foi alvo de críticas, e a treinadora Pia foi uma das mais atingidas pelos comentários na internet.

Em entrevista à TV, a atacante Marta não deixou claro se vai disputar as próximas Olimpíadas, em Paris, em 2024 e aproveitou para lamentar o último torneio de Formiga, de 43 anos, pelo Brasil: “Agradeço demais por tudo que ela fez pela nossa seleção durante esses anos todos. Uma vida dedicada a esse esporte.

Vôlei de praia classificado

A dupla brasileira Bruno e Evandro ganhou por 2 sets a 1 de Michal Bryl e Grzegorz Fijalek, da Polônia. Com o resultado, eles permaneceram na liderança do Grupo E e avançam para as oitavas de final da modalidade.

Natação vai às semis

O nadador Bruno Fratus conquistou o direito de disputar as semifinais após vencer sua bateria nos 50m livre, em Tóquio. Ele teve tempo de 21.67 e registrou o 4º melhor tempo geral, logo atrás de Carleb Dressel (Estados Unidos), Florent Manaudou (França) e Kristian Gkolomeev (Grécia).

Etiene Medeiros, porém, não teve o mesmo sucesso na sua tentativa de se classificar para a próxima fase na natação. Ela bateu em último nos 50m livre, com tempo de 25.45, e ficou pelo caminho nas Olimpíadas.

Vôlei das quadras se recupera

A equipe masculina do Brasil voltou a competir depois da derrota por 3×0 diante dos russos e não fez feio diante dos Estados Unidos. Eles chegaram a sair atrás do placar, com 1º set que passou dos 30 pontos, mas ganharam todos os outros e cravaram a vitória por 3×1. Com três triunfos e um resultado negativo, a seleção praticamente garante sua vaga nas quartas.

Medalha garantida

O Brasil já pode colocar no seu saldo, de maneira antecipada, mais uma medalha conquistada nestes Jogos Olímpicos. Isso porque o boxeador Abner Teixeira venceu o jordaniano Hussein Eishaish pela decisão dos juízes (4-1) e avançou para a próxima fase da categoria até 91kg.

Nesta modalidade, não existe briga pelo bronze — que vai direto para o perdedor da semifinal. A luta será contra o cubano Julio la Cruz, na terça-feira (3), às 6h50 (Brasília).

VEJA MAIS: