Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Brasileirão: Fluminense e Cuiabá empatam em jogo agitado na Arena Pantanal

Luiz Henrique e Bobadilla marcaram para o Flu; Jonathan Cafu e Felipe Marques foram buscar o empate para o Dourado

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/Mailson Santana/Flickr Fluminense

No fechamento da 21ª rodada do Brasileirão 2021, Fluminense e Cuiabá empataram em jogo agitado na Arena Pantanal. O placar da partida desta segunda-feira (20), foi encerrado em 2 a 2 — Luiz Henrique e Bobadilla marcaram os dois primeiros gols da partida, e Jonathan Cafu e Felipe Marques igualaram o resultado.

Mercado em CASA

Clique aqui para ter 50% off!

O resultado não deixa de ser decepcionante para os visitantes, que abriram 2 a 0, tiveram um gol anulado e viram os donos da casa buscar o empate. Mais ainda para o ponta Luiz Henrique, que marcou um gol, deu uma assistência para um gol anulado e deu muito trabalho para a defesa cuiabana.

Para o Cuiabá, Uilian Correa, que entrou no segundo tempo e mudou o jogo, e Felipe Correa, que marcou o gol de empate contra o Fluminense, foram os que tiveram os melhores desempenhos. O zagueiro Marllon, que teve boas intervenções durante os 90 minutos, foi expulso nos acréscimos, por cotovelada em Yago Felipe.

Ainda assim, o empate foi ruim para ambos os times. Com apenas um ponto somado, o Flu não conseguiu reconquistar a 7ª posição do Internacional e termina a rodada na 8ª colocação, com 29 pontos. O Dourado, por sua vez, perdeu a oportunidade de ultrapassar o próprio Fluminense e ficou na 9ª posição, com 28 pontos somados.

Como só têm o Brasileirão pela frente, tanto Cuiabá quanto Fluminense só voltam à campo no final de semana. O Flu recebe o Red Bull Bragantino no Maracanã, domingo, às 16h; o Dourado visita o Atlético-GO no mesmo dia, só que às 20:30.

Gols de Cuiabá 2 x 2 Fluminense

O placar da partida foi aberto logo no começo. Com apenas 4 minutos de jogo, o ponta Luiz Henrique, do Fluminense, recebeu na direita e foi para cima, lentamente, de Felipe Marques, do Cuiabá. De repente, ele jogou a bola para a perna esquerda e bateu forte. A bola viajou rápida e cheia de efeito, encobriu o goleiro Walter e entrou pelo seu ângulo direito.

Quinze minutos depois, o Flu aumentou a conta. Danilo Barcelos começou a jogada pela esquerda e tabelou com Caio Paulista, quase rente à linha. O lateral, então, recebeu com liberdade e pode carregar a bola mais pelo meio, invadir a área e cruzar. O centroavante Bobadilla, acompanhando a jogada, se adiantou à marcação e cabeceou, no primeiro pau, para o fundo do gol.

O Cuiabá reagiu rápido e conseguiu um pênalti aos 21 minutos, feito por Samuel Xavier em cima de Rafael Elias, na sobra de uma bola cruzada da direita para a esquerda do ataque. Jonathan Cafu foi para a bola e converteu.

Na reta final da partida, o Dourado conseguiu o empate. Depois de construir a jogada com paciência, os donos da casa conseguiram um cruzamento pela direita. A bola foi parar na esquerda, com Uendel, que serviu Jesus Cabrera. De primeira, o meia encontrou um passe para Felipe Marques, livre na marca do pênalti, que só precisou chutar rasteiro para bater o goleiro Marcos Felipe.

Ficha do Jogo Cuiabá 2 x 2 Fluminense

Cuiabá (4-2-3-1): Walter; Lucas Ramon (João Lucas), Marllon, Paulão e Uendel; Auremir (Uilian Correa) e Camilo (Pepê); Jonathan Cafu, Rafael Gava (Jesus Cabrera) e Felipe Marques; Rafael Elias (Gustavo Nescau). Técnico: Jorginho

Fluminense (4-3-3): Marcos Felipe; Samuel Xavier, Nino, Luccas Claro e Danilo Barcellos (Marlon); Martinelli, Nonato (Cazares) e Yago Felipe; Luiz Henrique (Jhon Arias), Bobadilla (John Kenedy) e Caio Paulista (Lucca). Técnico: Marcão

Gols: Luiz Henrique, 4’, 1T; Bobadilla, 19’, 1T; Jonathan Cafu, 21’, 1T; Felipe Marques, 30′, 2T;

LEIA TAMBÉM

Fluminense pode fazer esforço e oferecer salário acima do teto para Daniel Alves

Não volta mais: Destaque do Cuiabá, Walter vai encerrar contrato com o Corinthians em dezembro e tem futuro definido

Com Felipão, Grêmio melhora números e tem aproveitamento de G4 no Brasileirão

Especialista em pênalti? A cada três cobranças, Diego Alves defende uma pelo Flamengo no Brasileirão

Presidente do Lyon dispara contra pênalti marcado em Neymar: “É uma aberração”

Daniel Alves, Paulinho… 7 medalhões brasileiros que estão livres e agitam o Mercado da Bola

Globo toma atitude após gafe cometida em Vasco x Cruzeiro

CBF confirma Marta como maior artilheira da seleção à frente de Pelé e Neymar; veja números

As melhores notícias de esportes, direto para você