Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Napoli vence clássico de virada e aumenta crise na Juventus

Napoli conseguiu dominar amplamente o jogo para vencer a Juventus de virada em clássico disputado no Diego Armando Maradona

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Divulgação / Napoli

Napoli Napoli 2-1 Juventus Juventus
Serie A - 3ª Rodada

O Napoli conseguiu virar o placar no clássico diante da Juventus neste sábado (11) e venceu por 2 a 1 no Stadio Diego Armando Maradona.

No primeiro tempo, a Juve venceu o duelo tático ao deixar o controle da posse para os adversários e conseguir ser mais perigo nos momentos oportunos. Em falha na saída de jogo, abriu o placar com Álvaro Morata.

Mas a situação foi diferente no segundo tempo. Com mais intensidade, o Napoli buscou o empate com Matteo Politano e a virada no final do jogo com Koulibaly.

Com a vitória, o Napoli mantém os 100% no campeonato com 9 pontos em três jogos. A Juventus segue sem vencer com um empate e duas derrotas.

Primeiro tempo

Desde o início, o Napoli pressionou bastante a Juve que esperava pelas oportunidades para sair nos contragolpes pelo meio.

Logo aos 2′, Di Lorenzo tentou cabecear perto da pequena área depois de escanteio, mas acabou sendo bloqueado. Aos 8′, em outro escanteio curto, Elmas bloqueou pelo lado esquerdo.

Aos 10′, depois de outras duas cobranças de escanteio do Napoli, quem abriu o placar foi a Juventus, que subiu a marcação. Morata tomou a bola pela esquerda e partiu sozinho para tirar do goleiro Ospina.

O gol marcado pela Juventude definiu mais ainda o prognóstico do primeiro tempo: Napoli com o controle da posse e a Juventus marcando em seu próprio campo.

No entanto, a Juve conseguia incomodar ainda em algumas oportunidades com roubadas de bola. Aos 20′, Bernardeschi conseguiu espaço no centro da área para exigir boa defesa de Ospina.

Aos 33′, Osimhen tirou de Chiellini na entrada da área e pegou firme na bola, mas acabou caindo. O Napoli pediu pênalti, só que o jogo prosseguiu normalmente, na última chance real antes do intervalo.

Mesmo com 70% de posse, o Napoli não conseguiu incomodar a Juve que chutou mais no alvo do que os adversários. Faltava caprichar mais na pontaria e buscar mais espaços no último terço do campo.

 

Segundo tempo

No segundo tempo, o Napoli tentou explorar mais o lado esquerdo. Aos 3′, Ruiz cruzou nas mãos de Szczesny, que deu rebote. Osimhen experimentou de longe e Chiellini desviou para escanteio.

A pressão do Napoli foi mantida. Osimhen novamente conseguiu ter oportunidade de chutar e a bola voltou para ele. Na segunda, trouxe até a entrada da área e Di Lorenzo apareceu para chutar, jogando fora.

O Napoli parecia estar impaciente ao tentar acelerar bastante o jogo. Mas a recompensa veio aos 12′ com o gol de empate. Insigne experimentou do lado direito de fora da área e Szczesny espalmou. Politano estava atento e chegou pela direita para concluir.

A intensidade ficou consideravelmente maior depois do gol e mais espaços foram surgindo no campo. Mario Rui experimentou de longe logo após o lance do gol, mas errou a pontaria.

Aos 30′, Ruiz chutou na entrada da área e conseguiu outra cobrança de escanteio. Desta vez, Kulusevski conseguiu cortar e salvar a Juve.

No final do jogo, o Napoli finalmente conseguiu marcar o gol da vitória. Em lançamento para a grande área, Moise Kean cabeceou contra e Szczesny espalmou no susto. Mas a defesa novamente permitiu espaços e Koulibaly concluiu para colocar o Napoli na frente.

A Juventus tentou desesperadamente buscar o gol de empate nos acréscimos, mas não conseguiu ameaçar o Napoli que conseguiu assegurar a vitória por 2 a 1.

 

FICHA TÉCNICA
NAPOLI 2-1 JUVENTUS

Data: 11/09/2021, 13:00
Estádio: Stadio Diego Armando Maradona
Árbitro: Massimiliano Irrati

Gols: 1T 10′ Morata (Juventus); 2T 12′ Politano (Napoli); 2T 40′ Koulibaly (Napoli)

Substituições – Napoli: Adam Ounas (Elmas); Lozano (Politano); Zielinski (Insigne); Petagna (Osimhen); Malcult (R.Rui)

Substituições – Juventus: De Ligt (Pellegrini); Ramsey (McKennie); Moise Kean (Morata)

Napoli (4-3-3):  David Ospina; Giovanni Di Lorenzo, Kalidou Koulibaly, Kostas Manloas, Mario Rui; Fabian Ruiz, André-Frank Zambo Anguissa, Eljif Elmas; Matteo Politano, Victor Osimhen, Lorenzo Insigne

Juventus (4-3-3): Wojciech Szczesny; Mattia De Sciglio, Leonardo Bonucci, Giorgio Chiellini, Luca Pellegrini; Weston McKennie, Manuel Locatelli, Adrien Rabiot; Federico Bernardeschi, Alvaro Morata, Dejan Kulusevski.

 

LEIA TAMBÉM

FIFA libera e brasileiros poderão jogar rodada da Premier League

Quantos jogos Daniel Alves fez no Brasileirão pelo São Paulo? Ele pode ser negociado com times brasileiros?

Especulado por gigantes brasileiros, Cavani é visto como possível problema no United

Neto aponta dois clubes brasileiros em que Felipe Melo poderia dar certo: “Não é mais importante ao Palmeiras”

Ex-repórter da Globo revela treta com Muricy: “Quase fui demitido”

Galvão critica Neymar e faz comparação com Messi: “Apanha tanto quanto ele”

Que pontaria! Brasileirão tem time com 10 gols de fora da área no 1º turno

Casagrande critica Neymar: “Não é esse jogador que precisamos para a Copa”