Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Patrocinador do Flamengo detona o clube e ameaça não renovar contrato

Polêmica que envolvia apenas um atleta tomou proporções que envolveram torcida e clube

Matheus Camargo
Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), colaborador do Torcedores.com desde 2016, radialista na Paiquerê 91,7.

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

O Flamengo pode ter um problema com um de seus patrocinadores para a próxima temporada. Após cobrar publicamente o atacante Vitinho por jogar com as meias abaixadas, o que esconde o patrocínio da Moss, o CEO da empresa,
Luis Felipe Adaime, disse que o clube precisa tomar providências para não perder “um ativo”.

“Galera, não tem perseguicao a ninguém. A campanha é valida para todos os jogadores. Se todos os jogadores jogarem de meia levantada, mostrando o logo da Moss, conforme o contrato pelo qual pagamos milhões à vista em março, sortearei cinco mantos (camisas do Flamengo). Se jogarem de meias baixas, não tem sorteio”, escreveu Adaime, que seguiu.

“Se jogador quiser jogar de meia baixa e o Flamengo não fizer nada, decisão do clube: provavelmente depreciarão um ativo do clube, o espaco na meia. Uma pena.”

Vários torcedores do Flamengo passaram a criticar o CEO da Moss pela cobrança aos jogadores, o que o levou a responder com veemência um dos rubro-negros.

“Deixa que eu não renovo. O clube q corra atrás. Adeus”, escreveu Adaime em resposta a um torcedor que o insultou e o criticou em sua conta pessoal do Twitter.

Além do patrocínio nos meiões do Flamengo, a Moss participa ainda de ações nas mídias digitais. A empresa pagou R$ 3,5 milhões ao clube em março.

Leia também: