Home Futebol Opinião: o melhor time do São Paulo de todos os tempos

Opinião: o melhor time do São Paulo de todos os tempos

Saudações Tricolores! Entra em campo o time dos sonhos, o maior ganhador de títulos de todos os tempos. O período de 1991 a 1994 foi a era de ouro do São Paulo. Foram 10 títulos.

Michele Rodrigues
Colaborador do Torcedores

O São Paulo entrou nos anos 90 desacreditado, pois havia perdido dois Brasileirões seguidos. Porém, o time não se abateu. Ahhh que saudade de 1991. Não era um grupo, era uma constelação: Zetti, Ricardo Rocha, Leonardo, Cafú, Raí, etc. Além, do melhor técnico de todos os tempos, Telê Santana. Como um milagre o time embalou e vieram os títulos:

1991: Paulista e Brasileiro.

PUBLICIDADE

1992: Paulista, Libertadores e Mundial

1993: Recopa Sul-americana, Libertadores e Mundial

PUBLICIDADE

1994: Conmebol e Recopa Sul-americana

1991_São Paulo

Elenco de 1991 – Foto: São Paulo Futebol Clube

Ufa! Foram muitos em sequência e a maior parte se deve à maestria de Raí, o capitão dessa equipe maravilhosa. Quem não se lembra do grito da torcida: “Raí, Raí, o terror do Morumbi”. Agora, não podemos esquecer do melhor técnico do Brasil, Telê Santana. Foram quatro anos inesquecíveis.

Os passes perfeitos, a marcação precisa, o volume de jogo impecável. Ninguém era páreo, nem Palmeiras muito menos Barcelona. Foi um período de glória, simplesmente inesquecível.

Raí: o capitão

Raí Vieira de Oliveira nasceu em 1965. Chegou ao São Paulo, em 1987, com o estigma de ser o irmão “lento” de Sócrates. Tornou-se capitão do time e brilhou… Brilhou muito. Ele foi para o França, ficou no Paris Saint-Germain até 1998, quando retornou ao São Paulo, encerrando sua carreira em 2000.

PUBLICIDADE

Telê: simplesmente indescritível

Como descrever sua contribuição? Acho quase impossível falar de tudo o que ele fez pelo time. Mantem-se até hoje como o maior vencedor da história do São Paulo: dez títulos. Isso se deve à disciplina imposta em cima do time, era um técnico linha dura. “Olê, olê, olê, olê, Telê, Telê!”

Pela primeira vez Campeão do Mundo

Em 1992, Tóquio, Estádio Nacional. A torcida no Brasil acordada de madrugada para ver o jogo. A final de campeonato era super esperada e todos estavam com os nervos a flor da pele. Zetti, Vítor, Adílson, Ronaldão, Ronaldo Luís, Pintado, Toninho Cerezo, Cafu, Palhinha, Müller, o capitão Raí e o Mestre Telê Santana escreveram seus nomes na história do time. Venceram o então favorito Barcelona por 2×1 de virada, com dois gols de Raí.

1992_São Paulo

Figura: Jogada ensaiada no segundo gol. Tókio (Japão), 1992

O maior placar na Libertadores

Era 19 de maio de 1993, Libertadores da América, estávamos em casa e não poupamos o goleiro adversário. O jogo foi contra Universidad Católica, do Chile. Jogo de ida e todos estavam apreensivos, mas o time não nos decepcionaria, foram 5×1. Isso mesmo, goleada de cinco em casa. Melhor impossível, a vantagem garantida para o jogo de volta. Em 26 de maio o São Paulo levantou a taça.

Até o técnico chileno parabenizou o time. “O São Paulo é um time de mestres, uma equipe iluminada”, disse à época.

PUBLICIDADE
1993_São Paulo

Elenco de 1993 do São Paulo – Foto: São Paulo Futebol Clube

Espero que ocorra novamente uma fase como essa!

Vamos São Paulo, Vamos São Paulo, Vamos ser campeão!

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial