Por conta do coronavírus, Lewis Hamilton detona organização da Fórmula 1: “Dinheiro é o rei”

Organização da Fórmula 1, por ora, mantém o Grande Prêmio da Austrália; Lewis Hamilton ataca a instituição e diz que “o dinheiro é rei”

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Lewis Hamilton é engajado em diversas causas sociais. Da luta por energias sustentáveis até a própria alimentação, o hexacampeão mundial de Fórmula 1 costuma ter empatia por uma série de grupos. E não foi diferente com o coronavírus. Nesta quinta-feira (12), ele criticou a organização da competição por conta da realização do GP da Austrália, no próximo domingo (14), que inaugura a temporada 2020.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Em entrevista coletiva, ele disparou contra o grupo. “Estou muito surpreso que ainda estejamos aqui. É muito bom que tenhamos corridas. Mas, para mim, é chocante que ainda estejamos sentados nesta sala. Parece que o resto do mundo está reagindo, mas provavelmente é um pouco tarde. A NBA foi suspensa, mas a F1 continua. O dinheiro é o rei”, detonou Lewis Hamilton.

A McLaren anunciou, nesta quinta-feira (12), um caso de coronavírus na equipe. Por conta disso, a ex-equipe de Lewis Hamilton não disputará o GP da Austrália. Por ora, o grande prêmio está confirmado.

Mais de Hamilton

Quando foi tetracampeão, o dono de pet Lewis Hamilton já entrou em um seleto grupo da Fórmula 1. Ele já foi chamado, também, de “herói inigualável” pelo CEO da F1 à época. O próprio também já afirmou ser “uma máquina“, além de elogiar os engenheiros e a preocupação ambiental da Mercedes. Mas a Ferrari já o escanteou.

Mais do coronavírus

O COVID-19 pode obrigar a MotoGP a realizar provas duplas para compensar grandes prêmios cancelados por conta do coronavírus. A Itália, dos países mais atingidos pelo vírus, busca alegrias na Ferrari. O Barcelona e a MLB também anunciaram medidas de prevenção.

LEIA MAIS
Nomes ligados ao automobilismo e fãs de corridas lamentam morte de Niki Lauda no Twitter
25 anos depois, relembre números e recordes de Ayrton Senna na Fórmula 1
Ricciardo dá ré, bate em outro piloto e abandona GP do Azerbaijão; imagem viraliza no Twitter