Home Esportes Radicais WSL define surfistas para o Circuito Mundial de Surfe de 2024 com presença de dez brasileiros

WSL define surfistas para o Circuito Mundial de Surfe de 2024 com presença de dez brasileiros

Conheça os homens e mulheres que farão parte da elite da World Surf League

Thais May Carvalho
Jornalista formada pela Faculdade Cásper Líbero e mestranda de Ciências da Comunicação na Universidade de São Paulo, sou colaboradora do Torcedores.com desde 2020. Escrevo sobre diversas modalidades, com foco mais voltado para futebol americano, beisebol, surfe, tênis, futebol, hóquei no gelo e basquete.

Foto: Thiago Diz/World Surf League

PUBLICIDADE

Com a finalização do Circuito Mundial e das seis etapas do Challenger  (a divisão de acesso da elite do surfe), a WSL definiu quem são os 34 homens e as 17 mulheres que vão disputar o tour em 2024. Dentre estes nomes, dez deles são brasileiros.

No lado masculino, os 22 primeiros colocados do tour em 2023 garantiram vaga direta para a elite do ano seguinte. Outros 10 surfistas se classificaram pelas etapas do Challenger. Para fechar os nomes, a WSL ainda garantiu mais duas vagas de wildcard.

Com isso, a lista de surfistas que vão disputar o Circuito Mundial de Surfe em 2024 ficou da seguinte maneira:

PUBLICIDADE

CLASSIFICADOS PELO TOUR

1º: Filipe Toledo (Brasil)

2º: Ethan Ewing (Austrália)

3º: Griffin Colapinto (Estados Unidos)

4º: João Chianca (Brasil)

PUBLICIDADE

5º: Jack Robinson (Austrália)

6º: Gabriel Medina (Brasil)

7º: Yago Dora (Brasil)

8º: John John Florence (Havaí)

PUBLICIDADE

9º: Leonardo Fioravanti (Italia)

10º: Ryan Callinan (Austrália)

11º: Connor O´Leary (Austrália)

12º: Barron Mamiya (Havaí)

PUBLICIDADE

13º: Italo Ferreira (Brasil)

14º: Kanoa Igarashi (Japão)

15º: Ian Gentil (Havaí)

16º: Jordy Smith (África do Sul)

PUBLICIDADE

17º: Liam O’Brien (Austrália) Nat Young

18º: Caio Ibelli (Brasil)

19º: Matthew McGillivray (África do Sul)

20º: Callum Robson (Austrália)

PUBLICIDADE

21º: Rio Waida (Indonésia)

22º: Seth Moniz (Havaí)

Embed from Getty Images

CLASSIFICADOS PELO CHALLENGER

1º: Cole Houshmand (Estados Unidos)

PUBLICIDADE

2º: Samuel Pupo (Brasil)

3º: Jacob Willcox (Austrália)

4º: Crosby Colapinto (Estados Unidos)

5º: Eli Hanneman (Havaí)

PUBLICIDADE

6º: Imaikalani deVault (Havaí)

7º: Frederico Morais (Portugal)

8º: Jake Marshall (Estados Unidos)

9º: Kade Matson (Estados Unidos)

PUBLICIDADE

10º: Deivid Silva (Brasil)

Embed from Getty Images

WILDCARDS

Kelly Slater (Estados Unidos)

Miguel Pupo (Brasil)

PUBLICIDADE

Embed from Getty Images

Já no lado feminino, dez surfistas se classificaram diretamente de acordo com o ranking do Circuito Mundial de 2023, cinco pelo Challenger e duas receberam o wildcard. Assim ficou a lista com as 17 mulheres que estarão presentes no tour de 2024:

CLASSIFICADAS PELO TOUR

1º: Caroline Marks (Estados Unidos)

2º: Carissa Moore (Havaí)

PUBLICIDADE

3º: Tyler Wright (Austrália)

4º: Caitlin Simmers (Estados Unidos)

5º: Molly Picklum (Austrália)

6º: Stephanie Gilmore (Austrália)

PUBLICIDADE

7º: Lakey Peterson (Estados Unidos)

8º: Tatiana Weston-Webb (Brasil)

9º: Gabriela Bryan (Havaí)

10º: Bettylou Sakura Johnson (Havaí)

PUBLICIDADE

Embed from Getty Images

CLASSIFICADAS PELO CHALLENGER

1º: India Robinson (Austrália)

2º: Sally Fitzgibbons (Austrália)

3º: Sawyer Lindblad (Estados Unidos)

PUBLICIDADE

4º: Alyssa Spencer (Estados Unidos)

5º: Isabella Nichols (Austrália)

Embed from Getty Images

WILDCARDS

Johanne Defay (França)

PUBLICIDADE

Brisa Hennessy (Costa Rica)

Embed from Getty Images

A World Surf League também determinou que Ramzi Boukhiam (Marrocos), no lado masculino, e Luana Silva (Brasil), no lado feminino, serão os primeiros surfistas chamados para substituir um atleta que eventualmente não possa competir em uma das nove etapas do tour. O Circuito Mundial está programado para começar em janeiro, nas famosas ondas de Pipeline, no Havaí.