Home Futebol Galvão Bueno desabafa sobre seleção brasileira masculina fora das Olimpíadas: “Vexame”

Galvão Bueno desabafa sobre seleção brasileira masculina fora das Olimpíadas: “Vexame”

Narrador esportivo compartilhou vídeo em suas mídias sociais em que critica momento atual do nosso futebol; leia mais

Arthur Santos Eustachio
Meu nome é Arthur Santos Eustachio. Sou formado em Jornalismo pela Cásper Líbero. Atuo como produtor de conteúdo para sites e mídias digitais. Escrevo notícias sobre esportes em geral - hoje principalmente na área de automobilismo: Fórmula 1, MotoGP e Nascar. Já trabalhei na 365Scores e como administrador de páginas esportivas. Meus esportes favoritos são futebol, tênis, basquete e Fórmula 1. Minhas maiores referências são Cristiano Ronaldo, Novak Djokovic e Max Verstappen. No mais, curto ler, ouvir música, assistir filmes e, claro, praticar esportes.
Galvão Bueno, narrador

Galvão Bueno, narrador - (Reprodução/ YouTube)

PUBLICIDADE

A seleção brasileira de futebol masculino está fora dos Jogos Olímpicos de Paris 2024. Após a derrota para a Argentina neste domingo (11) por 1 a 0, Galvão Bueno criticou fortemente a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e a equipe liderada por Ramon Menezes.

Em um vídeo compartilhado nas mídias sociais, o narrador se disse triste pelo novo fracasso da Seleção Brasileira, afirmando que esta é a pior fase da história do futebol nacional. Ele expressou sua frustração com o desempenho do time e a situação geral do esporte.

“Domingo de Carnaval, queria falar de avenida, de escola de samba, falar do meu Salgueiro, sorrir muito. Mas o futebol brasileiro masculino está fora dos Jogos Olímpicos de Paris. Completa apenas um pacote da pior fase da história do futebol brasileiro”, afirmou Galvão Bueno.

PUBLICIDADE

Ele, porém, evitou mencionar detalhes específicos, como sub-20, técnicos ou jogadores, mas destacou a falta de desempenho em diferentes categorias e o histórico desfavorável nas Eliminatórias. Já, em relação à volta de Ednaldo Rodrigues à presidência da CBF, Galvão Bueno se mostrou irritado com as questões administrativas da entidade. Ele criticou a situação, observando processos judiciais e instabilidade na liderança.

Confira vídeo de Galvão Bueno sobre seleção brasileira

O narrador esportivo, por fim, concordou com a declaração de John Kennedy sobre sentir vergonha com a eliminação da seleção brasileira e enfatizou a necessidade de tomar providências urgentes para reverter o cenário.

“Junta tudo isso que eu falei, está tudo errado. Não pode estar correto. Não é a falha desse ou daquele, não. Vou terminar com uma frase do John Kennedy, que eu acho que define tudo isso. Providências urgentes têm que ser tomadas. O menino John Kennedy, que fez o gol do título da Libertadores do Fluminense, não veio com desculpas. ‘Ah, mas aquilo não funcionou’. Não. Ele usou a seguinte frase: ‘Vergonha, muita vergonha’. O futebol brasileiro é muito grande e isso não pode acontecer”, concluiu Galvão Bueno.

PUBLICIDADE