Home Futebol Vitor Birner aponta SAF “pés no chão” do futebol brasileiro: “Não vende devaneio”

Vitor Birner aponta SAF “pés no chão” do futebol brasileiro: “Não vende devaneio”

Jornalista mencionou diferença levando em conta o atual projeto que está sendo comandado no Vasco

Bruno Romão
26 anos, jornalista formado pela Universidade Estadual da Paraíba, amante da escrita, natural de Campina Grande e um completo apaixonado por futebol. Contato: [email protected]
Jornalista Vitor Birner.

Vitor Birner, jornalista da ESPN (Reprodução)

Em debate no ESPN F90, Vitor Birner avaliou as atuais gestões de Cruzeiro e Vasco. Ainda que a SAF da Raposa tenha um poder de contratação menor em relação a 777 Partners, houve uma sinalização de que Ronaldo, ao contrário dos americanos que controlam o Cruz-Maltino, é totalmente honesto e não tenta “vender” sonhos fora da realidade.

PUBLICIDADE

Neste cenário, Vitor Birner considera que o discurso da 777 Partners não condiz com o desempenho do Vasco em campo. Antes de ser demitido, Alexandre Mattos gastou R$ 120 milhões no mercado da bola, mas nenhum jogador contratado detém o status de grande reforço.

“Sabe qual a diferença? A SAF do Vasco vende para as pessoas uma ideia que é quase um devaneio. Quando você olha pro campo… o Cruzeiro não vende devaneio. O Cruzeiro é ‘pés nos chão’ e grudados.”, disse Birner, no ESPN F90.

PUBLICIDADE

Na sequência do debate, Rodrigo Bueno apontou que o Corinthians, mesmo eliminado do Paulista, vem demonstrando poder de reação, algo que não está ocorrendo no Vasco. Enquanto isso, Vitor Birner vê Ramón Díaz acima de António Oliveira.

“O Corinthians é um time em ascensão. Corinthians e Vasco brigaram para não cair, o Vasco está praticamente igual ou pior, e o Corinthians está tendo uma revolução.”, sinalizou Rodrigo Bueno.

“”Eu acho que o Vasco tem uma vantagem em relação ao Corinthians: o treinador. Eu não estou criticando o técnico do Corinthians, estou falando que o do Vasco é melhor.”, opinou Vitor Birner.

ESPN F90 crava Vasco abaixo de 14 clubes do Brasileirão

Em comparação envolvendo os 19 rivais da elite nacional, o Vasco acabou ficando à frente apenas de Atlético-GO, Criciúma, Cuiabá, Juventude e Vitória. Com o critério de “quem está pior ou melhor” sendo utilizado, os comentaristas da ESPN sinalizaram que o clube carioca precisa abrir o olho contra o rebaixamento no Brasileirão. Veja abaixo a divisão.

PUBLICIDADE

Melhores que o Vasco:

  • Athletico
  • Atlético-MG
  • Bahia
  • Botafogo
  • Corinthians
  • Cruzeiro
  • Flamengo
  • Fluminense
  • Fortaleza
  • Grêmio
  • Internacional
  • Palmeiras
  • Red Bull Bragantino
  • São Paulo

Piores que o Vasco:

  • Atlético-GO
  • Criciúma
  • Cuiabá
  • Juventude
  • Vitória