Torcedores – Notícias Esportivas

Antes do Atlético-MG, Hulk quase fechou com outro clube: ‘Fiquei balançado’

Hulk foi o principal nome do Atlético e do futebol brasileiro em 2021

Eder Bahúte
Jornalista e assessor de imprensa.

Crédito: Divulgacao/Atlético

Em apenas 12 meses, Hulk entrou definitivamente para a história do Atlético. Um dos personagens mais importantes de um ano que ficará marcado na memória de todo torcedor alvinegro. Quando decidiu assinar com o Galo, nem mesmo ele poderia imaginar um sucesso tão grande num curto período. O paraibano de 35 anos já é ídolo do clube mineiro.

Esta rica história, porém, por pouco não foi concretizada. Antes de decidir fechar contrato com o Atlético, Hulk alega que ficou balançado em aceitar um convite feito pelo Porto, sua ex-equipe. É o que ele revela em entrevista ao jornal ‘O JOGO’ de Portugal.

“Houve contatos. O Nuno Ferreira, meu empresário, conversou com o pessoal do FC Porto, com o Vítor Baía e até com o presidente, e apresentaram uma proposta. Confesso que fiquei muito balançado em ir para o FC Porto, porque é um clube que mora no meu coração. Toda a gente sabe que sou portista e que vou estar sempre torcendo pelo Porto”, disse.

Segundo Hulk, o fato de estar perto dos filhos pesou na decisão em jogar no Brasil. Foram nove meses longe das ‘crias’ em razão da pandemia.

“Como já disse, o que pesou mais na minha escolha foi querer estar com os meus filhos. Estive nove meses sem os ver por causa da pandemia, quando eu estava na China, e o que mais queria era estar com eles. Mas houve conversas com o FC Porto, sim.

Hulk finaliza 2021 com 68 partidas, 36 gols e 13 assistências. Seu contrato com o Atlético é válido até o final de 2022. Há um cláusula que também pode estender o vínculo por mais uma temporada.

LEIA TAMBÉM: