Home Esportes Olímpicos Nathalie Moellhausen é esgrimista, já está nas Olimpíadas de Paris e tem chance de medalha

Nathalie Moellhausen é esgrimista, já está nas Olimpíadas de Paris e tem chance de medalha

Campeã mundial de espada em 2019, número oito do mundo, a melhor atleta das Américas é ítalo-brasileira    

Márcio Padula
Márcio Padula é um jornalista que atua há dois anos na cobertura da Sociedade Esportiva Palmeiras e em seu início de carreira escreveu para o jornal Diário de São Paulo sobre os quatro grandes clubes do Estado. Graduado pela FIAM – Faculdades Integradas Alcântara Machado em 1997, já passou por assessorias de comunicação, revistas e jornais. Atualmente no Torcedores.com.
Nathalie Moellhausen, esgrimista

Esgrimista brasileira Nathalie Moellhausen - Foto: Augusto Bizzi/FIE via Getty Images

Nathalie Moellhausen é esgrimista e já está nas Olimpíadas de Paris, por meio do ranking olímpico.

PUBLICIDADE

A esgrimista brasileira foi beneficiada pelo mau desempenho de duas concorrentes diretas, a canadense Ruien Xiao e a argentina Isabel Di Tella, que não se deram bem após a estreia no GP de Budapeste, penúltima competição antes do fechamento do ranking.

Assim, Nathalie Moellhausen, campeã mundial de espada em 2019, número oito do mundo, e melhor atleta das Américas, ocupa a quinta posição na classificação olímpica geral, com 118 pontos.

PUBLICIDADE

Com essa classificação, Nathalie tem sua vaga já garantida para os Jogos Olímpicos de Paris 2024, pois não pode mais ser alcançada pelas adversárias no ranking olímpico.

Com a vaga assegurada em Paris, Nathalie, que tem 38 anos, vai para a sua terceira Olimpíada na carreira, sendo que já participou no Rio 2016 e Tóquio 2020.

A esgrima ainda é considerada no Brasil um esporte distante da massa, mas Nathalie, que tem dupla nacionalidade, nasceu na Itália, mas tem avó brasileira e defende o país desde 2014, vem ajudando na popularização do esporte.

Nesta ideia de popularizar a esgrima, Nathalie foi no ‘Mais Você’, programa de Ana Maria Braga, na TV Globo, e a esgrimista foi para a cozinha, junto com o chef francês Laurent Suaudeau.

PUBLICIDADE

Nathalie mora na França desde a adolescência e compete pela Confederação Brasileira de Esgrima desde 2015    

Aí, vale dizer que a esgrimista mora na França desde a adolescência, e ainda estudou na Universidade de Sorbonne.

Ainda, Nathalie Moellhausen tem chances reais de conquistar uma medalha olímpica inédita nos Jogos de Paris.

Portanto, Nathalie Moellhausen é uma esgrimista ítalo-brasileira. Nascida em 1985 e compete pela Confederação Brasileira de Esgrima (CBE) desde 2015. Antes, atuava pela Itália.

A esgrimista se destacou ao conquistar dois dos melhores resultados da história no esporte do país: o título mundial, em 2015, na Hungria, e as quartas de final na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro.

PUBLICIDADE

Por fim, a ítalo-brasileira, que nasceu em Milão, compete na categoria espada, uma das mais difíceis da esgrima, seja pelas dimensões da arma, seja pelas inúmeras possibilidades de pontuação.

 

PUBLICIDADE
18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial