Conheça a Ferroviária, seus títulos e as suas jogadoras

Considerado um dos principais clubes da modalidade, a Ferrinha é a atual campeã da Copa Libertadores Feminina

Victor Franco
Colaborador do Torcedores

Crédito: Jogadoras da Ferroviária comemorando o título da Libertadores Feminina 2020 (Divulgação / Conmebol)

Presente na elite do futebol paulista desde 1984, quando ocorreu a primeira edição do estadual no futebol feminino, a Associação Ferroviária de Esportes, localizada na cidade de Araraquara, é uma das equipes mais relevantes na história da modalidade. Ao todo, são quatro títulos no Campeonato Paulista nos anos de 2002, 2004, 2005 e 2013. No ano passado, o clube foi vice-campeão, sendo derrotado pelo Corinthians.

Em competições nacionais, a Ferrinha marcou presença no Brasileirão Feminino da Série A1 em todos os torneios até o momento. Em 2014, o time grená liderou o grupo 2 com três vitórias em quatro partidas. Eliminou o Botafogo nos pênaltis na semifinal e goleou o Avaí/Kindermann na grande decisão, com incríveis 8×3 no placar agregado, levantando a sua primeira taça nacional. Cinco anos depois, a Ferroviária conquistou o bicampeonato, passando por Santos e Avaí/Kindermann no mata-a-mata e vencendo o Corinthians na final. A equipe ainda conquistou a extinta Copa do Brasil de Futebol Feminino em 2014.

O clube do interior paulista também tem uma grande história no futebol sul-americano. Foi campeão da Copa Libertadores em 2015,  vencendo o tradicional Colo-Colo, do Chile, na final. A edição de 2020, que foi disputada em março de 2021 por conta da pandemia da COVID-19, teve um início complicado para a Ferroviária. Depois de levar 4×0 do Libertad-Limpeño na 1ª rodada, a equipe só garantiu a classificação no último confronto, quando venceu o Universidad de Chile e torceu pelo tropeço das paraguaias. No mata-a-mata, eliminou o River Plate e o próprio Universidad de Chile, para depois derrotar o América de Cali e levar o bicampeonato para casa. Confira o tweet do perfil oficial da Libertadores comemorando o título da Ferrinha:

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Atual temporada

Em 2021, a Ferroviária se encontra no 8º lugar depois de oito jogos disputados, com 11 pontos conquistados. Até agora, são três vitórias, dois empates e três derrotas, tendo marcado e sofrido 8 gols. A artilheira da equipe é a atacante Rafa Mineira, com dois gols anotados. Confira a lista de jogadoras do atual elenco, comandadas pela treinadora Lindsay Camila:

 

Elenco da Ferroviária

Goleiras:

Luciana – 33 anos – Brasileira – Campeã da Copa América Feminina em 2014 pela Seleção Brasileira;

Lucilene – 18 anos – Brasileira – Campeã do Sul-Americano sub-17 Feminino em 2018 pela Seleção Brasileira;

Yanne – 18 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária.

 

Defensoras

Laterais-direitas:

Daiane Rodrigues – 34 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Carol Tavares – 25 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Monalisa Belém – 23 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária.

 

Laterais-esquerdas:

Barrinha – 33 anos – Brasileira –  Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Raquel Maisa – 25 anos – Brasileira – Campeã do Brasileirão Feminino em 2019 pela Ferroviária;

Letícia Seabra – 24 anos – Brasileira – Revelada nas categorias de base do Rio Preto, de São Paulo.

 

Zagueiras:

Ana Alice – 32 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Géssica – 30 anos – Brasileira – Ouro nos Jogos Pan-Americanos em 2015 pela Seleção Brasileira;

Anny – 23 anos – Brasileira – Campeã do Campeonato Baiano Feminino em 2019 pelo Bahia;

Luana Sartório – 22 anos – Brasileira – Campeã do Sul-Americano sub-20 Feminino em 2018 pela Seleção Brasileira;

Thaynara Oliveira – 20 anos – Brasileira – Campeã do Brasileirão Feminino em 2019 pela Ferroviária;

Yasmin Cosmann – 19 anos – Brasileira – Campeã do Sul-Americano sub-17 Feminino em 2018 pela Seleção Brasileira;

Isabelle Garcia – Revelada nas categorias de base do clube;

Jamille Oliveira – 18 anos – Brasileira – Revelada nas categorias de base do Vitória, da Bahia.

 

Meio-campistas

Volantes:

Amanda Brunner – 28 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Nicoly – 24 anos – Brasileira – Campeã do Sul-Americano sub-20 Feminino em 2015 pela Seleção Brasileira;

Leide – 22 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Duda Batista – 18 anos – Brasileira – Campeã do Sul-Americano sub-17 Feminino em 2018 pela Seleção Brasileira;

 

Meias:

Sâmia Pryscila – 34 anos – Brasileira – Campeã da Copa do Brasil de Futebol Feminino em 2015 pelo Avaí/Kindermann;

Suzane Pires – 28 anos – Portuguesa – Campeã do Brasileirão Feminino em 2017 pelo Santos;

Rafa Mineira – 25 anos  – Brasileira – Bicampeã da Copa Libertadores Feminina em 2015 e 2020 pela Ferroviária;

Graciela Martínez – 19 anos – Brasileira – Campeã da Liga Paraguaia Feminina em 2018 pelo Cerro Porteño.

 

Atacantes

Pontas:

Ludmila Barbosa – 30 anos – Brasileira – Campeã da Copa do Brasil de Futebol Feminino em 2014 pela Ferroviária;

Aline Milene – 27 anos – Brasileira – Campeã da Copa América Feminina em 2018 pela Seleção Brasileira;

Patrícia Sochor – 27 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Syd Blomquist – 27 anos – Estadunidense – Já jogou pelo Sporting, de Portugal.

 

Centroavantes:

Lurdinha – 20 anos – Brasileira – Campeã da Copa Libertadores Feminina em 2020 pela Ferroviária;

Thai – 20 anos – Brasileira – Campeã do Brasileirão Feminino em 2019 pela Ferroviária;

Maísa – 18 anos – Brasileira – Revelada nas categorias de base da Inter de Limeira, de São Paulo.

 

SAIBA MAIS

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO BRASILEIRÃO FEMININO APÓS A 8ª RODADA

CONHEÇA O INTERNACIONAL, SEUS TÍTULOS E AS SUAS JOGADORAS