Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Novas ou tradicionais, entenda como as mídias influenciam o jornalismo

Novas ou tradicionais, entenda como as mídias impactam no dia a dia da profissão e do ensino do jornalismo

Lucas Ayres
Colaborador do Torcedores

Crédito: NeONBRAND/Unsplash

Estamos cercados de telas no nosso dia a dia. Celulares, computadores, televisões, até alguns elevadores e pontos de ônibus as têm. Para cada uma, uma mídia, e para cada mídia uma forma diferente de jornalismo — que chega até onde não há telas.

Essa disponibilidade de meios de comunicação mudou (e segue mudando) a maneira com a qual consumimos informação, o que, por sua vez, influenciou na maneira como elas são produzidas e veiculadas. Em outras palavras, impactaram no jornalismo.

O jornalismo e as mídias tradicionais

Por muito tempo, o jornalismo se configurou a partir dos meios de comunicação de massa. Jornal, rádio e televisão eram o “tridente” que definia não só a veiculação das informações, mas a determinação de costumes, de consumo.

A carreira de um jornalista, nesse ambiente, era bem estabelecida, com o “controle” do fluxo de informações — o chamado “gatekeeping” — e uma relativa estabilidade tanto nas competências da área quanto no mercado de trabalho. A maioria das diretrizes dos cursos de jornalismo no Brasil foram estabelecidas nessa época, inclusive.

Para saber mais sobre o curso de jornalismo, confira o portal Hora da Facul!

O impacto das novas mídias no jornalismo

A internet, porém, transformou o cenário rapidamente, especialmente quando passou a ser portátil, nos celulares e outros dispositivos móveis. A circulação e consequentemente o consumo das informações se modificou rapidamente, passando a serem descentralizados absurdamente velozes.

O maior impacto disso foi na execução do trabalho do jornalista, que tornou-se um profissional multifacetado, o que multiplicou as possibilidades da área mas diminuiu a segurança da carreira.

Num sentido mais amplo, porém, são os grandes veículos (e portanto as mídias tradicionais) que seguem pautando as novas mídias, seja pela incapacidade destas de serem inteiramente acessíveis, seja pela enorme nível influência estabelecido por esses antigos meios de comunicação.

LEIA MAIS

Hora da Facul – Tudo sobre educação em um só lugar

Jornalismo EAD: como é e para quem é indicado o curso?

Confira as principais áreas do jornalismo e sua atuação no mercado

Quanto ganha um fisioterapeuta esportivo? Confira os valores: