Torcedores do Rayo Vallecano estendem faixa em hospital homenageando médicos que trabalham durante pandemia do coronavírus

Em meio à pandemia de coronavírus, os Bukaneros, ultras do Rayo Vallecano, estenderam uma faixa em um hospital apoiando médicos

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

A torcida do Rayo Vallecano possui uma característica muito peculiar. Os Piratas, como são conhecidos, são das poucas torcidas que se assumem como à esquerda no espectro político. Defensores e apoiadores de causas sociais, eles homenagearam os médicos que trabalham durante a pandemia de coronavírus.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

Confira abaixo a atitude da torcida do Rayo Vallecano:

Como o próprio nome do Rayo Vallecano diz, Vallecas é o bairro em que está situado o clube. Famoso por ser um antro de resistência à ditadura conservadora de General Franco, era conhecida como “Pequena Rússia” durante o franquismo. À época, a Rússia fazia parte da União Soviética.

Mais do coronavírus

O COVID-19 pode obrigar a MotoGP a realizar provas duplas para compensar grandes prêmios cancelados por conta do coronavírus. O mundo dos eSports também anunciou medidas. A Itália, dos países mais atingidos pelo vírus, busca alegrias na Ferrari. Já a Alemanha vê a Bundesliga ser suspensa. O Barcelona e a MLB também anunciaram medidas de prevenção, enquanto Lewis Hamilton e LeBron James e outros astros da NBA já se posicionaram sobre o tema. Charles Barkley, porém, se colocou em quarentena voluntária – e Paul Pogba incentivou um cumprimento curioso. Há, entretanto, quem vá na contramão de tudo isso.

LEIA MAIS
Em entrevista, Lopetegui afirma que Modric é o melhor do mundo e cutuca Messi
Conheça as chuteiras de Messi, Salah, Gabriel Jesus, Pogba e outros craques, fabricadas pela Adidas
Imprensa argentina revela detalhes da reunião após jogo contra a Croácia na Copa do Mundo, em que Messi expôs Sampaoli