Vettel dá a entender que pilotos colaboraram para adiamento tardio do GP da Austrália: “Ninguém nos forçou a embarcar”

GP da Austrália 2020, primeira etapa do calendário da Fórmula 1, foi adiada no dia em que primeiros treinos livres ocorreram; Vettel comenta

Willian Ferreira
Colaborador do Torcedores.com e contador de histórias do esporte.

Crédito: Twitter/Reprodução

Tetracampeão mundial de Fórmula 1, Sebastian Vettel deu uma declaração polêmica. Ao ser perguntado pelo Motorsport, famosa publicação que cobre automobilismo, sobre a relação da competição com o coronavírus, o alemão deu a entender que os pilotos também tiveram contribuição para que o GP da Austrália 2020 não fosse adiado antes.

Você conhece o canal do Torcedores no YouTube? Clique e se inscreva!
Siga o Torcedores também no Instagram

“Você continua tomando as precauções o máximo possível, mas sob certas circunstâncias você se coloca nas mãos de outras pessoas. Todos nós pegamos um avião para vir para a Austrália, acho que ninguém veio nadando ou andando de barco. Por isso, contamos com aqueles que trabalham e gerenciam o transporte aéreo, e a escolha é nossa: ninguém nos forçou a embarcar em um voo para Melbourne. Ninguém me forçou a embarcar no avião”, destacou Vettel.

O alemão, porém, não deixou de reconhecer a gravidade da pandemia do coronavírus. “Cada um de nós fez a escolha livremente. Estamos aqui para fazer o que amamos, que é correr, mas obviamente não podemos deixar de estar cientes do que está acontecendo e precisamos nos adaptar ao que está acontecendo como todo mundo”, finalizou.

Mais da pandemia

O COVID-19 pode obrigar a MotoGP a realizar provas duplas para compensar grandes prêmios cancelados por conta do coronavírus. O mundo dos eSports também anunciou medidas. A Itália, dos países mais atingidos pelo vírus, busca alegrias na Ferrari. Já a Alemanha vê a Bundesliga ser suspensa. O Barcelona e a MLB também anunciaram medidas de prevenção, enquanto Lewis Hamilton, LeBron James e outros astros da NBA já se posicionaram sobre o tema. Médicos foram homenageados, aliás. Charles Barkley, porém, se colocou em quarentena voluntária – e Paul Pogba incentivou um cumprimento curioso. Há, entretanto, quem vá na contramão de tudo isso e que tenha previsto a pandemia.

LEIA MAIS
Nomes ligados ao automobilismo e fãs de corridas lamentam morte de Niki Lauda no Twitter
25 anos depois, relembre números e recordes de Ayrton Senna na Fórmula 1
Ricciardo dá ré, bate em outro piloto e abandona GP do Azerbaijão; imagem viraliza no Twitter